quinta-feira, 22 de abril de 2010

Projeto cadaFalso

Projeto cadaFalso apresenta instalação poético-performática, explorando o mote do "poeta engavetado"

FORTALEZA, 22.04.2010 - O grupo projeto cadaFalso apresenta o espetáculo poesia inCômoda, dentro do programa Literatura em Revista, no auditório do Centro Cultural Banco do Nordeste-Fortaleza (rua Floriano Peixoto, 941 - 3º andar - fone: (85) 3464.3108), neste sábado, 24, às 18 horas, com entrada franca.

Nesta edição do programa, o projeto cadaFalso apresenta uma instalação poético-performática, explorando o mote do "poeta engavetado", aquele que se "esconde" (ou é escondido) por timidez, imaturidade, misantropia, ignorância ou senso de clandestinidade.

Gavetas, portas e janelas servem duplamente para guardar e revelar. Basta uma ação... Inserido ativamente nesta cenografia, o público participa abrindo os vários armários, cômodas, baús e guarda-roupas: a cada "abertura", uma revelação cênica e poética.

O projeto cadafalso é um canal de pesquisa e experimentação da multilinguagem. Ao grupo interessa, sobretudo, o caráter performático das várias artes. Desde 2007, o cadafalso vem desenvolvendo vários projetos estéticos, fazendo confluir o teatro, a dança, a música, a literatura e as artes visuais.

De acordo com Washington Hemmes, integrante do grupo, "nossa instalação também se propõe a explorar as várias possibilidades de manifestação física do poema. A idéia é reunir onze artistas que buscam experimentar diferentes suportes para o texto poético: voz, papel, corpo, areia, tecido, tela, projeção, gravação, madeira etc. Por vezes, o texto é o próprio suporte... E o meio também é mensagem...", destaca.

Participam do projeto cadaFalso os seguintes poetas: Caio Dias, Dianton, Diego Landin, Fran Bernardino, Júlia Kilme, Liana Borges, Maria Vitória, Rami Alves, Sahmaroni Rodrigues, Tito de Andrea e Washington Hemmes.

Luciano Sá
assessor de imprensa
Centro Cultural Banco do Nordeste
--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura