domingo, 20 de fevereiro de 2011

Saúde/Carnaval Voluntário

Carnaval Voluntário: atividades temáticas buscam elevar autoestima dos pacientes do Into e podem servir de exemplo para outras instituições de saúde

A equipe voluntária do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into) mantém atividades intensivas e criativas para amenizar as dores de quem se recupera de traumas e cirurgias. E como o carnaval espalha um clima de alegria por toda parte, o hospital não fica de fora da euforia e promete contagiar desde as crianças dos leitos da pediatria aos adultos que esperam por consultas e exames no ambulatório. Toda a diversão fica por conta de um grupo dedicado, que preparou uma série de atividades com a cara da folia.

Os comunicadores estão responsáveis pela confecção e envio de cartões temáticos. Haverá ainda a recreação musical, em que voluntários tocam marchinhas tradicionais no violão. "A lista das músicas é grande e com isso vamos estimular a garotada a cantar e os mais velhos a recordarem bons momentos", acredita uma das coordenadoras do voluntariado, Isabela Duarte. A confecção de máscaras artesanais e objetos decorativos repletos de cores e brilhos e as brincadeiras, como o bingo da folia, também fazem parte da programação.

A distribuição de brindes como colares havaianos, máscaras, cornetas, chapéus, confetes, serpentinas e outros adereços típicos da festa completam a lista de atrações.  "Tentamos aproveitar estas datas para diversificar o trabalho e continuar na nossa missão de elevar a autoestima e ajudar a minimizar os quadros de dor dos pacientes do Instituto. A iniciativa pode ser seguida por outras instituições", explica Isabela.

Elaine Dias | Imprensa Into

-- 
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa