segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Rondônia adquire imagens de satélite em alta resolução de 100% de seu território

Estado tem agora 100% de sua área mapeada pelo satélite SPOT5, da Astrium. Imagens com alta precisão permitirão um acompanhamento mais detalhado do uso e ocupação do território, com foco na preservação ambiental e na regularização das propriedades rurais.

O Estado de Rondônia oficializa hoje a aquisição de cerca de 150 imagens do satélite francês SPOT5, fruto de um acordo firmado com a Tecnomapas, distribuidora oficial da Astrium nas regiões Norte e Centro-Oeste do país. O mapeamento corresponde a 100% do território do Estado, ou 237.590,86 quilômetros quadrados.

A cerimônia de entrega das imagens acontece hoje (21 de novembro), a partir das 16h, na sede da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (SEDAM) e contará com a presença da secretária de Meio Ambiente do Estado, Nanci Maria Rodrigues da Silva e de outras autoridades e representantes das empresas.

Trata-se da primeira compra de imagens de satélite de alta precisão feita pelo Estado, o que permitirá que elas sejam utilizadas para uma ampla gama de aplicações na área de meio ambiente, tais como prevenção e combate ao desmatamento e degradação florestal, planejamento ambiental, Cadastro Ambiental Rural (CAR), assim como atualização de base cartográfica na escala de 1:25.000. O Estado poderá assim ter um acompanhamento mais detalhado e preciso do uso e ocupação do seu território.

Equivalente a 0,5 Terabyte de espaço, as imagens com 2,5 metros de resolução foram captadas pelo satélite SPOT5, assim como aquelas com 10 metros, as quais foram colhidas entre janeiro de 2010 e agosto de 2011. Os dados do mapeamento estarão acessíveis via internet por meio do Sistema Integrado de Monitoramento e Licenciamento Ambiental (SIMLAM) e estarão disponíveis para consulta por toda a administração estadual e municipal, além de universidades, centros de pesquisa, ONGs e Ministério Público.

Uma das metas do Estado é acelerar o processo de adesão ao CAR e, com isso, promover uma gestão florestal sustentável. Atualmente, Rondônia possui 187 propriedades monitoradas, o que corresponde a uma área pouco maior que 37 mil hectares. Para se ter uma ideia, o Estado do Pará, o mais avançado no que diz respeito ao CAR, conta hoje com 42.938 imóveis rurais monitorados. Já o Mato Grosso possui quase 30 mil propriedades cadastradas. Ambos os estados já fazem uso de imagens do satélite SPOT5 e do sistema desenvolvido pela Tecnomapas para elaboração do CAR.

 

Sobre a Astrium GEO-Information Services

Criada por meio da união entre a Infoterra e a Spot Image, subsidiárias da EADS Astrium, a Astrium GEO-Information Services fornece um portfólio de produtos e serviços de observação da Terra e informação geográfica que têm como objetivo agregar valor aos seus clientes. A companhia opera uma constelação de satélites multiresolução com sensores ópticos (SPOT) e sensores por radar (TerraSAR-X, TanDEM-X). A Astrium GEO oferece ainda imagens provenientes de outros satélites programáveis de parceiros, como Formosat-2 e Deimos. Com alto nível de precisão e escala global, essas imagens são amplamente utilizadas por governos, empresas e ONGs como ferramentas de inteligência para aplicações nas áreas de agricultura e meio ambiente, energia, engenharia e infraestrutura, mineração, planejamento urbano, defesa e segurança pública. A companhia conta com cerca de 1 mil profissionais e escritórios em mais de 20 países, entre eles o Brasil. A Astrium-GEO dispõe de um mosaico de imagens atualizadas em alta resolução cobrindo todo o território nacional. Mais informações: www.astrium-geo.com


Marcos Santos e Melissa Sayon | Sing


-- 

FarolCom | Coletivo de Imprensa
INFORMAÇÃO | CULTURA | SERVIÇO