quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Circuito Cultural Cinema, Música e Teatro na Escola 2011

Ministério da Cultura e CTEEP levam cinema gratuito a capital e região metropolitana com produção local

Moradores da região metropolitana de Osasco e da capital paulista poderão desfrutar da mostra gratuita de curtas-metragens feitos por alunos do Ensino Fundamental local e de mais outras cinco cidades do Estado, nos dias 24 e 29 de novembro, às 19h e 15h, respectivamente. O evento é a última etapa do Circuito Cultural Cinema, Música e Teatro na Escola, uma iniciativa da CTEEP (Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista) que conta com recursos incentivados pela Lei Rouanet do Ministério da Cultura.

Voltado à conscientização de crianças e jovens sobre os cuidados relacionados à rede elétrica, ao meio ambiente e ao consumo responsável, o programa reuniu estudantes do 6º ao 9º ano de escolas públicas de São José dos Campos, Taubaté, Sumaré, Araçatuba, Bauru, Osasco e São Paulo capital. E para completar a diversão, as crianças e famílias da comunidade poderão assistir ao grande lançamento de 2011: "Eu e meu guarda-chuva". 

Abaixo a programação detalhada. A entrada é livre. 

24/nov - 19h - Osasco - SESI Osasco
Av. Getúlio Vargas, 401 – Jd. Piratininga

29/nov - 15h - São Paulo CEU Jardim Paulistano
Rua Aparecida do Taboado, s/nº - Brasilândia

O curta "Faça sua parte", dos alunos dos 7º e 8º anos da 'EE Prof. Dr. Luiz Lustosa da Silva', representará Osasco. Ellen de Oliveira Nascimento, Sara Cristina Souza da Silva, Wallace Rodrigues da Silva e Wesley Ricardo Cassiano venceram com a melhor história que trata de um trabalho sobre meio ambiente solicitado em sala de aula pela professora, o qual os alunos produzem um documentário registrando entrevistas pelo celular.

Já o filme "O mundo é justo", dos estudantes do 7º ano do 'CEU EMEF Jardim Paulistano', representará a capital paulista durante a exibição. Os alunos Fernanda de Brito Silva, Francisco Guilherme Holanda, Kauê Cavalcante de Souza Brandão, Paulo Ricardo Dias Junior, Ronald Rafael Anjos de Paula Silva e William de Almeida Lima foram os vencedores do Circuito Cultural Cinema, Música e Teatro na Escola com a melhor história sobre um grupo de alunos que sempre aprontam na escola e perturbam seus colegas até que são filmados pelo celular e o vídeo cai nas mãos da diretora.

O grande prêmio do Circuito Cultural foi a transformação das histórias criadas pelos alunos em roteiros para produção dos filmes. Com ajuda de profissionais, esses estudantes tiveram uma semana diferente em suas vidas durante as gravações e, ainda, para muitos foi o primeiro contato com linguagens cinematográficas e atividades culturais. Outra recompensa do programa é a exibição dos trabalhos ao grande público, durante evento gratuito que acontecerá em cada um dos municípios que participam desta edição do programa. No ano passado, aproximadamente 1.700 expectadores assistiram aos curtas-metragens exibidos nas cidades participantes.

"A realização de um grande evento como esse com a comunidade é uma oportunidade de levar a magia do cinema aos que tem pouco acesso à sétima arte", afirma Doralice Ferro, gerente de Gestão Estratégica da CTEEP. "A iniciativa permite inserir os estudantes em discussões sobre educação e conscientização do meio ambiente por meio de atividades lúdicas e culturais. O engajamento e participação desses alunos, bem como o resultado positivo nas duas edições, vêm sendo discutidos para que o programa faça parte da grade curricular das escolas participantes no próximo ano", completa. 

Sobre o Circuito Cultural Cinema, Música e Teatro na Escola
Em seu segundo ano consecutivo, o programa pretende estimular o conhecimento em crianças e jovens de escolas públicas de cidades onde a CTEEP atua, ao relacionar temas de desenvolvimento sustentável, responsabilidade social, educação e cultura com energia. Nestes dois anos, participaram ao todo oito cidades, sendo que algumas estiveram presentes nas duas edições. O Circuito Cultural Cinema, Música e Teatro na Escola é uma iniciativa da CTEEP (Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista), aprovada pelo Ministério da Cultura e realizada por meio do Grupo de Articulação Social H.Melillo. 

A edição 2011 do programa, que teve início em abril, realizou no decorrer deste ano 360 sessões de oficinas de "contação de histórias" em 900 horas, 60 saraus, 12 apresentações teatrais e 11 musicais. As cidades participantes desta edição foram São José dos Campos, Taubaté, Sumaré, Araçatuba, Bauru, Osasco e a capital paulista. Cada município do Circuito Cultural teve envolvimento de aproximadamente 500 crianças do Ensino Fundamental, do 6º ao 9º ano, de dez escolas diferentes. Em todo Estado, participaram cerca de 3.000 alunos, com acompanhamento pedagógico de até 70 professores de 60 escolas. 

Com diversas etapas, o programa é composto por apresentações musicais e teatrais para os estudantes das escolas participantes e abertas ao público em geral, e oficinas de "contação de histórias" acompanhadas de profissionais especializados para sensibilização e desenvolvimento dos alunos, que acontecem no período das atividades escolares. Após lições variadas, eles criam suas próprias leituras sobre os temas propostos para construção de histórias e, para a exposição, as escolas promovem saraus onde os alunos representam suas obras. Os trabalhos são enviados à comissão julgadora e avaliados por especialistas e, em seguida, para a seleção do melhor enredo a ser transformado em roteiro para produção de um curta-metragem. Para chegar à lista das histórias selecionadas, a comissão julgadora (formada por especialistas da área) utiliza os seguintes critérios: adequação ao tema proposto, enredo, criatividade e adaptação cinematográfica. Ao final, os trabalhos são exibidos ao grande público, durante evento gratuito promovido em cada um dos municípios do programa. 

CTEEP – Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista
A CTEEP tem 62,4% do seu capital brasileiro, sendo 35,42% Eletrobras e 26,98% demais acionistas, e é controlada pela ISA, que detém 37,6% do capital. A companhia opera uma complexa rede de transmissão, por onde trafegam 30% da energia produzida no Brasil e 60% da eletricidade consumida no Sudeste do País. Seu sistema elétrico é composto por 12.316 km de linhas, 18.795 km de circuitos de transmissão e 105 subestações com capacidade de transformação de 44.431 MVA. Com uma extensa malha de linhas de transmissão e subestações em todo o estado de São Paulo, atende concessionárias de distribuição, consumidores de grande porte e ao exigente mercado brasileiro. Com as conquistas de novas concessões nos últimos leilões de transmissão, a CTEEP hoje está presente em doze estados brasileiros. Seu lucro líquido em 2010 foi de R$ 812,2 milhões. 

via Mariana Bertolini | CDI
-- 
FarolCom | Coletivo de Imprensa
INFORMAÇÃO | CULTURA | SERVIÇO