terça-feira, 13 de setembro de 2011

CCBNB se associa à programação da II Feira do Livro Infantil, realizando duas oficinas e um workshop

O Centro Cultural Banco do Nordeste-Fortaleza (rua Floriano Peixoto, 941 - Centro - fone: (85) 3464.3108) se associa à programação da II Feira do Livro Infantil de Fortaleza, realizando duas oficinas e um workshop em suas dependências.

As duas oficinas são: "Mentiras que contam verdades", com Rosana Mont'Alverne (contadora de histórias mineira, mestre em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais e fundadora do Instituto Cultural Aletria), na próxima quinta-feira, 15, de 14h às 17h; e "Tecendo contos: o contar histórias e a literatura na sala de aula", com Giba Pedroza (contador de histórias e pesquisador de literatura infantil e tradição oral, há 20 anos vem realizando apresentações e oficinas para educadores e crianças, além de intervenções e projetos sociais para empresas e ONGs), na sexta-feira, 16, de 14h às 17h. Por sua vez, Jiddu Saldanha (mímico teatral, além de ator, diretor, poeta e contador de histórias) ministrará a oficina "Contação de histórias", no sábado, 17, de 14h às 17h.

Veja a seguir as sinopses das duas oficinas e do workshop:

Oficina "Mentiras que contam verdades"

Instrutora: Rosana Mont'Alverne
Dia 15, quinta-feira, de 14h às 17h

Os contos são os melhores guias na busca da verdade, pois são portadores de uma sabedoria ancestral, transmitida oralmente de geração a geração e de uma cultura à outra. Mas a verdade surge mascarada e com toda a aparência de ilusão e mentira. Nessa oficina, os participantes terão contato com histórias que discutem essa temática, com exercícios e reflexões sobre com encontrar a verdade nos contos tradicionais.

Oficina "Tecendo contos: o contar histórias e a literatura na sala de aula"

Instrutor: Giba Pedroza
Dia 16, sexta-feira, de 14h às 17h

A proposta desta vivência é capacitar os participantes para que possam desenvolver atividades lúdicas, tendo o contar histórias e a literatura infantil, os mitos e lendas como instrumentos de trabalho, além de buscar uma reflexão sobre a importância da memória afetiva e do imaginário infantil como ferramentas do aprendizado.

Workshop "Contação de histórias"

Dia 17, sábado, de 14h às 17h

O trabalho envolve reflexões e abordagens que demandam estudo, observação e dedicação. São esses elementos que vão dar ao aluno a segurança para que ele possa seguir adiante com sua linguagem, através da avaliação de repertório, exercícios de observação gestual, treinamento gestual, expressão facial, expressão corporal, roda cultural, roda corporal, pesquisa de repertório pessoal e universal.

Luciano Sá | Imprensa do Centro Cultural Banco do Nordeste)
--
FarolComColetivo de Imprensa
rede web de informação e cultura