terça-feira, 3 de abril de 2012

Existe diferença para educar meninos e meninas?

Educando meninas
E
nsina os pais a transformarem a filha numa mulher forte, saudável e confiante. Doutor em Desenvolvimento Infantil, James Dobson, traz orientações sobre personalidade da criança, sexo, influência da mídia e da sociedade

"Precisamos entender melhor o que significa ser mulher em termos neurológicos, hormonais e emocionais. O conhecimento que se tem a respeito do cérebro e de como ele afeta o comportamento é suficiente para encher várias bibliotecas, e mais peças desse quebra-cabeça são descobertas a cada dia."

Existem diferenças entre a educação de meninos e meninas? A resposta é sim. Tais diferenças são provadas cientificamente, pois envolvem fatores hormonais e, por consequência, comportamentais que se distinguem entre homens e mulheres. Por essas e outras razões é importante que os pais se orientem, estejam preparados e saibam o que esperar de suas filhas nas diversas fases pelas quais elas irão passar.

Doutorado em desenvolvimento infantil, o psicólogo James Dobson resolveu escrever esta obra depois do sucesso de Educando meninos, que rendeu a ele diversos pedidos de leitores para uma versão especializada no sexo feminino. O princípio dos dois livros é o mesmo. Com um extenso conteúdo bibliográfico e citações de renomados profissionais da educação, o autor apresenta orientações sobre personalidade da criança, sexo, influência da mídia e da sociedade, entre outros temas, para que os familiares consigam conduzir as suas filhas da maneira que lhes parece ideal.

Educando meninas pode facilmente ser o livro de cabeceira dos pais e acompanhá-los por no mínimo quinze anos, já que seus 22 capítulos ajudam a educar não só menininhas como também as moças que se tornarão depois da puberdade.

Sobre o autor
Dr. James Dobson é fundador e presidente da organização Focus on the Family (Foco na família), cujos programas de rádio alcançam mais de 200 milhões de ouvintes em 164 países, através de mais de 7 mil estações de rádio que os retransmitem. Psicólogo e autor de diversos livros, possui doutorado em Desenvolvimento Infantil pela University of Southern California.

Ficha técninca
ISBN: 978-85-7325-697-0
Páginas: 352
Tamanho: 16x23
Categoria: Educação
Ano: 2012


Educando Meninos
Os meninos são brutos, agitados, gostam de brincadeiras mais nojentas e radicais, são muito mais fortes que as meninas, não precisam de tantos cuidados. Pensando assim, muitos pais e mães acabam por negligenciar áreas importantes da educação de seus filhos, o que terá um reflexo negativo em seu futuro como homens, maridos e pais.

A mídia bombardeia os garotos constantemente com influências negativas à formação de caráter. O forte apelo quanto à opção sexual é apenas um dos muitos desafios que os meninos enfrentam hoje. Além disso, ele precisam decidir cada vez mais cedo a carreira que irão seguir e que lhes proverá melhores rendimentos e ainda lidar com a autoafirmação diante dos amigos, o que tem levado muitos deles ao vicio no álcool, nas drogas, no sexo, tornando-os emocionalmente frágeis e psicologicamente abalados.

Como fazer para que seu filho fique livre das tristes estatísticas? O dr. James Dobson aponta um norte na educação de seu menino e esclarece as dúvidas mais comuns sobre as questões biológicas, comportamentais e educacionais, tornando este livro um manual indispensável para a criação da uma nova geração de homens: fortes, íntegros e seguros.

Ficha técnica
ISBN: 85-7325-321-5
Páginas: 272
Tamanho: 16x23
Categoria: Educação
Ano: 2003


Visite o site da editora! http://www.mundocristao.com.br

via Lilian Comunica – Assessoria de Imprensa
--
INFORMAÇÃO | CULTURA | SERVIÇO