sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Mercado de Carbono e Modelagem de Biodiversidade são temas de cursos no IPÊ, em fevereiro

Aulas acontecem em Nazaré Paulista, São Paulo, no Centro Brasileiro de Biologia da Conservação. Inscrições abertas


O Centro Brasileiro de Biologia da Conservação (CBBC), do IPÊ – Instituto de Pesquisas Ecológicas, abre inscrições para os cursos livres de Mercado de Carbono e Modelagem de Biodiversidade. Ambos acontecem no mês de fevereiro, na sede do IPÊ em Nazaré Paulista, São Paulo.


Mercado de Carbono
De 03 a 05 de fevereiro

Com os recentes impasses na negociação internacional sobre o regime climático pós-2012 e a promulgação da Política Nacional sobre Mudança do Clima, exige-se das empresas que ainda buscam oportunidades neste mercado, novas estratégias de negócios. Para isso, o
professor Marcelo Theoto Rocha leva aos alunos informações importantes sobre as novas perspectivas deste mercado e o seu futuro após as decisões da COP17.
Estudantes, instituições públicas e ONGs têm desconto no valor do curso. Mais informações e inscrições:
http://www.ipe.org.br/curso-mercado-de-carbono

Modelagem de Biodiversidade
De 24 a 26 de fevereiro
O curso capacita para utilização técnica de modelagem de distribuição potencial de espécies e no uso de ferramentas que auxiliam na obtenção e limpeza de dados de registros de ocorrência de espécies. A técnica pode ser aplicada para, entre outras coisas, identificar padrões geográficos na distribuição de espécies; analisar a influência de variáveis ambientais e o potencial de ameaça de espécies invasoras, o impacto das mudanças climáticas na distribuição da biodiversidade, etc.

O curso é indicado a quem já possui conhecimento no uso de planilhas eletrônicas (Excel) e conhecimentos básicos de SIG. Mais informações e inscrições: http://www.ipe.org.br/curso-modelagem-biodiversidade


O valor dos cursos inclui 3 dias de hospedagem, refeições diárias, traslado em horário pré-determinado (Aeroporto de Guarulhos – IPÊ e Rodoviária de Atibaia – IPÊ), material didático e certificado de participação. O CBBC não cobre despesas de viagem.

Sobre o IPÊ
www.ipe.org.br
O IPÊ – Instituto de Pesquisas Ecológicas é uma das maiores organizações socioambientais do Brasil. Criado em 1992, está presente em cinco importantes áreas do País e em três de seus principais biomas: Mata Atlântica, Amazônia e Pantanal. O Instituto realiza pesquisas científicas com 15 espécies ameaçadas de extinção. Seu trabalho já foi reconhecido por diversos prêmios e é desenvolvido sob o conceito do modelo IPÊ de conservação da biodiversidade, que alia pesquisa, educação ambiental, desenvolvimento comunitário e influência em políticas públicas.
A organização conta com 10 doutores e 20 mestres, muitos deles professores das suas unidades de educação: o CBBC - Centro Brasileiro de Biologia da Conservação (com cursos de atualização) e da ESCAS – Escola Superior de Conservação Ambiental e Sustentabilidade, criada em parceria com a Natura e Instituto Arapyaú (com Mestrado Profissional reconhecido pela Capes).


via Paula Piccin | Comunicação / IPÊ - Instituto de Pesquisas Ecológicas

--
FarolCom | Coletivo de Imprensa
INFORMAÇÃO | CULTURA | SERVIÇO