quarta-feira, 1 de junho de 2011

Pneumologistas atendem população no Metrô Sé

SPPT realiza exames e informa sobre doenças como DPOC e asma e da importância do diagnóstico precoce 

O dia 2 de junho de 2011 será marcado por mais uma ação de conscientização e prestação de serviços promovida pela Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia (SPPT). Uma campanha geral na estação Sé do Metrô terá uma equipe médica especializada para aplicar exames e encaminhar pacientes.

O foco serão as doenças respiratórias obstrutivas em geral, especialmente asma e DPOC (Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica). "Por ser em um local movimentado, esperamos bastante adesão à campanha. Muita gente fazendo os exames e interessados em mais informações sobre as doenças", revela a dra. Valéria Cristina Martins,  secretária-geral da SPPT.

Exames

Durante a ação, os pneumologistas aplicarão o exame de Pico de Fluxo na população. O teste permite identificar irregularidades e a necessidade de uma avaliação mais completa. "Ele mede a capacidade respiratória do individuo, com base em sua altura e idade", explica a dra. Valéria.

A obstrução é detectada quando a quantidade de ar expirada não atinge os níveis previstos: "No caso de detecção de alguma obstrução nas vias aéreas, o paciente será encaminhado para um exame de espirometria completo e uma consulta com o pneumologista, além de receber mais orientações".

Também será realizada a medição da quantidade de monóxido de carbono expirado. "Esse exame é para sensibilizar o tabagista, mostrando que a quantidade de monóxido de carbono que ele expira é exorbitante em comparação com a quantidade que o não fumante exala".

Foi por meio deste exame, aliás, que a medicina foi capaz de provar a existência do tabagismo passivo.

Outros serviços interessantes prestados no dia é o teste de Fagerström, questionário que determina o grau de dependência de nicotina, e o cálculo do gasto em cigarros em um período de tempo determinado. Este cálculo avalia a quantidade que o indivíduo teria economizado se tivesse investido todo o dinheiro gasto até aquele momento em cigarros. Essa avaliação é feita por meio de um software, que inclusive sugere quais os itens que o fumante poderia ter comprado com o dinheiro desperdiçado em cigarro.

Expectativas

A equipe da SPPT espera que a quantidade de tabagistas dispostos a parar de fumar e a procurar ajuda profissional para isso seja maior. Os médicos ainda acreditam que a conscientização é a principal arma contra as doenças respiratórias.

"Sabendo que o exame de pico de fluxo pode acusar uma doença mais grave precocemente e proporcionar tratamento mais fácil, as pessoas estarão mais dispostas a perder cinco minutinhos no Metrô para cuidar da saúde. É essa a nossa intenção", afirma a Dra. Valéria. "Todos se preocupam em fazer exames para check-up do coração. Precisamos ter o mesmo cuidado com os pulmões".

Campanha Geral da SPPT
Local: Estação Sé do Metro
Data: 2 de junho de 2011
Horário: 8h às 17h

Marjorie Okuyama e Nathália Blanco | Acontece

-- 
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa