segunda-feira, 30 de maio de 2011

Microprojetos Mais Cultura - Amazônia Legal

Apoio a pequenos projetos culturais muda a realidade de jovens da Região Norte do Brasil 

Brasília, 30 de maio de 2011 – 88 jovens de estados da Região Norte irão apresentar, em 1º de junho, os resultados de projetos culturais desenvolvidos com o apoio do Ministério da Cultura. Eles são os primeiros contemplados do edital 2010 Microprojetos Mais Cultura – Amazônia Legal, que destinou R$ 14 milhões a pequenas manifestações artísticas da Região, com o intuito de gerar oportunidades de renda, valorizar a cultura, desenvolver a cidadania e a economia local.

Às 18h, no Palacete Provincial, em Manaus (AM), serão apresentados os primeiros 88 projetos de um total de 903 contemplados em 2010. A ministra Ana de Hollanda e o presidente da Funarte, Antonio Grassi, participarão do evento. (veja serviço)

Dos selecionados, a maior parte é do Maranhão (198), seguido por Pará (175); Mato Grosso (166); Tocantins (159); Amazonas (91); Rondônia (58); Acre (37); Roraima (29) e Amapá (15). Entre os projetos estão exposições, pesquisas, espetáculos, oficinas, festivais, gravação de CDs, textos literários, jornais e mídias eletrônicas.

Os Microprojetos têm como objetivo a geração de oportunidades, o desenvolvimento de cidadania e da economia local, além de promover a verdadeira inclusão numa região que, historicamente, não tinha acesso a financiamentos para pequenas produções. A premiação variou de um a 35 salários mínimos para cada contemplado.

Uma novidade da edição Amazônia Legal foi a redução da burocracia e a democratização do acesso ao permitir, por exemplo, a inscrição oral de projetos (inscrições gravadas em meio digital ou fita cassete). Assim, pequenos grupos que não têm experiência anterior na preparação de projetos por escrito tiveram maior facilidade de acesso ao edital e igualdade de participação.

Experiência positiva

Há dois anos, o MinC investiu R$ 13,5 milhões na Região do Semiárido Brasileiro, apoiando 1.189 Microprojetos dos nove estados do Nordeste, além de Minas Gerais e Espírito Santo.

A avaliação dos resultados dessa experiência mostra o impacto na vida dos jovens: 73% das iniciativas culturais foram desenvolvidas por pessoas entre 17 e 21 anos e 70% contam com a participação de jovens de 22 a 29 anos.

Além do Semiárido e da Amazônia Legal, os Microprojetos serão levados aos Territórios de Paz, por meio de uma parceria entre o MinC e o Ministério da Justiça. Dessa vez, serão contemplados 700 projetos em áreas do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci).

I Encontro Microprojetos Mais Cultura – Amazônia Legal

1º de junho de 2011, às 18h
Local: Palacete Provincial
Praça Heliodoro Balbi, s/n – Centro
Manaus (AM)

Assessoria de Imprensa do Ministério da Cultura
-- 
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa