terça-feira, 29 de março de 2011

Programa Acervo Aberto expõe a obra "Flora do Sertão", da artista visual carioca Brígida Baltar

O programa Acervo Aberto, do Centro Cultural Banco do Nordeste (rua Floriano Peixoto, 941 - Centro - fone: (85) 3464.3108), expõe a obra intitulada "Flora do Sertão", da artista visual carioca Brígida Baltar, até 17 de abril próximo, em Fortaleza. Com entrada franca, o Acervo Aberto exibe ao público obras pertencentes ao acervo artístico do Banco do Nordeste.

Brígida Baltar conheceu o sertão nordestino em janeiro de 2008, quando participou do projeto Sertão Contemporâneo, convidada pelo curador Marcelo Campos. Inicialmente os dois chegaram a Juazeiro do Norte, no Ceará, e de lá foram até a cidade de Exu, sertão de Pernambuco. Nessa travessia escreveram, fotografaram, fizeram vídeos e desenhos.

A partir dos tijolos encontrados nas olarias populares, Brígida Baltar fez sua obra "Flora do Sertão", onde desenhou as plantas da aridez com o pó de tijolo e armazenou a terra da região em caixas de madeira. Nas caixas, os nomes surgem carimbados: Lagoa Seca, Brejo Santo, Vale do Cariri, Serra Talhada e Serra do Araripe.

 Luciano Sá | Imprensa/Centro Cultural Banco do Nordeste 
-- 
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa