segunda-feira, 7 de março de 2011

Médicos orientam população sobre a narcolepsia

A Associação Paulista de Medicina (APM) promove, em 12 de março, palestra para portadores de narcolepsia e familiares. O objetivo é esclarecer dúvidas de pacientes, de seus familiares e de pessoas que suspeitam ter a doença.

 

A narcolepsia é um grave distúrbio do sono e tem como principal consequência a sonolência diurna sucessiva, que interfere na vida do paciente no trabalho, na escola ou até mesmo em casa. É uma doença crônica, mas com tratamento feito por meio de estimulantes, que deve prolongar-se por toda a vida.

 

O dr. Rubens Reimão, Presidente do Departamento de Neurologia da APM e neurologista, abordará o tema "Conviver com a Narcolepsia" e também esclarecerá dúvidas sobre uma notícia divulgada recentemente relacionando a vacina contra a gripe causada pelo vírus H1N1 e a narcolepsia.

 

"A narcolepsia nunca apareceu como consequência da vacinação. Ainda assim, nos Estados Unidos, na Europa e principalmente em países nórdicos esta relação foi apresentada, tanto que na Noruega a vacina foi suspensa. Não há, no entanto, com o que se preocupar no Brasil", garante o dr. Rubens.

 

O evento contará com a presença da fisioterapeuta do Grupo de Pesquisa Avançada em Medicina do Sono do HC FMUSP, Ana Teresa Coelho, que abordará a importância da atividade física para os portadores de narcolepsia e quais as atividades físicas mais adequadas, assim como aquelas que não são recomendadas.

 

 

Palestra Narcolepsia aberta ao público

Data: 12 de março de 2011

Horário: 9h30 às 12h

Local: Associação Paulista de Medicina (APM)

Endereço: Av. Brigadeiro Luis Antonio, 278, São Paulo, SP

Informações e inscrições: (11) 3188-4281

 

Marjorie Okuyama ou Juliana Machado | Acontece

-- 
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa