quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Senad realiza duas teleconferências sobre drogas via Internet

Brasília, 23/02/11 (MJ) – A Secretária Nacional de Políticas sobre Drogas, Paulina Duarte, participará nesta quinta-feira, 24 de fevereiro, de duas teleconferências sobre prevenção ao uso de drogas. As duas podem ser acompanhadas pela internet.

 

A primeira, que acontece das 10h às 12h, é parte do Curso Prevenção ao Uso Indevido de Drogas - Capacitação para Conselheiros e Lideranças Comunitárias, realizado em parceria com a Secretaria de Educação a Distância (SEaD) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

 

Cerca de 15 mil alunos fazem parte do curso. Também participam da mesa o médico psiquiatra Jairo Bouer; a psicóloga e professora da Universidade de Brasília, Maria Fátima Olivier Sudbrack, e a consultora técnico-científica do curso, Fátima Büchele.  Eles debaterão os temas prevenção, tratamento, trabalho em redes e políticas públicas sobre drogas. A teleconferência pode ser acompanhada pelo link www.conselheiros.senad.gov.br.

 

A segunda teleconferência faz parte do Curso de Prevenção do Uso de Drogas para Educadores de Escolas Públicas e acontece entre 14h30 e 16h30. A formação alcança 25 mil profissionais e é realizada em parceria com a Secretaria de Educação Básica (SEB) do Ministério da Educação.

 

Além de Paulina Duarte, participam da discussão a técnica da área pedagógica da Secretaria de Educação Básica do Ministério da Educação, Maria de Fátima Simas Malheiro, a coordenadora geral do curso, Maria Fátima Olivier Sudbrack, e o médico psiquiatra, Jairo Bouer. Eles debaterão o tema A Escola em Rede na Prevenção do Uso de Drogas. A teleconferência pode ser acompanhada pelo link http://www.cursoeducadores.senad.gov.br/.

 

As teleconferências são abertas ao público. Alunos e não alunos podem assistir à teleconferência e enviar perguntas pela Internet, sem a necessidade de cadastro prévio ou senha.

 

André Castro | Assessoria de Comunicação ACS/MJ


-- 
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa