quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

NRF discute varejo em nível mundial

Crédito: CNDL

O evento acontece até domingo (16) em Nova York

Começou no último dia 6 e segue até 16 de janeiro, em Nova York a centésima edição da NRF (National Retail Federation). O evento este ano aborda o tema: "Viemos de longe, iremos longe". Considerado o maior acontecimento de varejo da América Latina, a NRF além de expor produtos e tecnologias de última geração, promove seminários, fóruns de debates e apresenta cases de empresas mundialmente conhecidas. Os presidentes da Disney Store, Tesco, Macy´s, Crate and Barrel, entre outros são os grandes destaques.


Segundo o vice-presidente da CDL de Porto Alegre, Gustavo Schifino, a 100ª Convenção do varejo mundial começou com clima de cautela. "Os empresários locais, ainda tensos com a economia e com um inegável temor para o futuro, adotam um discurso que as coisas estão melhorando, mas sem passar muita segurança nas afirmações", disse.


Na opinião do presidente da CDL Uberlândia, Celso Vilela é fácil sentir como estão as negociações do varejo em nível mundial, pós-crise financeira. "Temos uma visão do que realmente o varejo espera para 2011. Todos afirmam que a recessão nos USA e na Europa deve continuar até 2012, mas a situação está gradativamente melhorando. Com relação à evolução do varejo, os empresários precisam se preocupar mais com as novas estratégias para atrair os consumidores, inclusive com o consumidor Mobile (móvel), ter a percepção que a sustentabilidade e a responsabilidade empresarial são essenciais para o varejista do futuro, e de que a cada dia se torna mais urgente compreender e responder aos desejos e necessidades do consumidor. O momento é ímpar para a troca de conhecimentos e intercâmbio entre empresários de outras nações", destacou Celso Vilela.


Entre os principais assuntos que, na opinião de Schifino causou maior impacto, foi a informação dada pela Deloitte, no que se refere à diminuição da participação de mercado de 27% de 2003 para 25% atualmente. Ainda de acordo com Shifino, a NRF está bastante voltada para fora da loja. "O destaque vai para o M-Commerce (mobile) e para sustentabilidade, com muitas ferramentas para ambos que, por caminhos diferentes, podem dar outra dinâmica no comércio", disse. 

 

Wokshop da CNDL


No último sábado (08), a delegação da CNDL participou do primeiro workshop da NRF 2011 onde foi apresentada a programação da CNDL. Para o presidente da CNDL, Roque Pellizzaro Jr. a presença dos convencionais na NRF é fundamental para a troca de experiências, conhecimentos e oportunidades. Ainda neste dia, foram destacadas as palestras de interesse do varejo brasileiro, bem como a visão sobre o varejo americano e a sua atual economia.


Até o fim do evento, os participantes irão conhecer as principais tendências demográficas, tecnológicas e de negócios que provavelmente vão ditar o cenário neste ano. Participam da NRF mais de 18 mil executivos de mais de sessenta países. O Brasil é uma das maiores delegações internacionais, correspondendo a 23% dos estrangeiros.


Mais informações: http://cndl.org.br/blognrf/        

Alitéia Milagre | Serifa 

-- 
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa