segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

MTur e MDIC juntos pelo Rio

Ministérios do Turismo e da Indústria e Comércio enviam comissão de técnicos para

avaliar as condições da região serrana e traçar planos para a recuperação da área

 

Uma comissão formada por membros do Ministério do Turismo e do Ministério da Indústria e Comércio (MDIC) visitou, nesta sexta-feira, a região serrana do Rio de Janeiro, devastada por enchentes e deslizamentos na semana passada. O ministro do Turismo, Pedro Novais, fará uma reunião com o grupo na semana que vem. A partir da observação dos problemas e dos pedidos encaminhados pelas autoridades fluminenses, o MTur vai tomar medidas efetivas para ajudar a recuperação e reconstrução da infraestrutura turística de Teresópolis, Petrópolis e Nova Friburgo.

 

A visita começou por Teresópolis, na manhã de hoje. A comissão constatou que a estrada que liga o município à cidade do Rio de Janeiro funciona em condições normais, com exceção do trecho que já estava em obras para a ampliação da rodovia. Na cidade, a comitiva do MTur e do MIDIC verificou que o Centro Histórico estava preservado. 

 

Segundo o secretário de Turismo, Michel Al Odeh, a rede gastronômica de Teresópolis também está normalizada e cerca de 85% da rede hoteleira cidade já está funcionando e o abastecimento de água está regularizado em toda a rede. O mesmo acontece com os restaurantes da cidade. "Os recursos previstos para o carnaval serão aplicados na reconstrução de casas e equipamentos públicos", anunciou o secretário.

 

Entre as medidas já previstas no plano de recuperação a ser preparado pelo MTur estão o fortalecimento do artesanato e capacitação de mão-de-obra de trabalhadores da região serrana do Rio de Janeiro.

 

A situação do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, que recebeu recursos federais pelo Turismo, também entrou na pauta. A área está preservada. Os técnicos locais informaram que a reconstrução da região vai receber apoio da Secretaria de Trabalho e Renda. A pasta já havia programado um curso com 200 horas de carga horária voltado para a construção civil. No total serão formados 380 profissionais das mais diversas áreas do ramo – carpinteiros, marceneiros, pedreiros. O dinheiro já está disponível e as aulas práticas serão aproveitadas na reconstrução de casas e equipamentos públicos.

 

MTur e entidades locais do turismo vão trabalhar juntos para garantir a realização, em maio, do salão do turismo regional, com 4 mil profissionais da área, em Teresópolis.

 

Pelo MTur, estiveram presentes o secretário-executivo, Frederico Costa, a diretora-substituta do Departamento de Infraestrutura Turística, Isabele Agner Brito, a coordenadora de Produção Associada, Kátia Teresinha. Pelo MDIC, o diretor do departamento de políticas de comércio e serviços, Maurício do Val, participou da comitiva.

 

Entre as autoridades fluminenses, receberam a comitiva do MTur / MDIC, o secretário de Turismo de Teresópolis, Michel Al Odeh, o secretário de Desenvolvimento Econômico Teresópolis, Nassouh Ejje, e o chefe de gabinete da Secretaria de Turismo do Rio de Janeiro, Marcos Pereira.

 

A comitiva também esteve em Nova Friburgo, onde equipes de três empresas trabalham na limpeza das ruas da cidade agora tomada pela poeira. Segundo o secretário José Carlos Motta, a cidade possui 4,8 mil leitos distribuídos em 140 hotéis. Destes, apenas cinco estabelecimentos não funcionam. Ele calcula que o calendário de eventos da cidade poderá ser retomado a partir de abril.

 

Assessoria de Comunicação do Ministério do Turismo

-- 
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa