quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

A Associação Médica Brasileira completa 60 anos

A Associação Médica Brasileira (AMB) é uma entidade de classe, sem fins lucrativos, fundada em 26 de janeiro de 1951. Sua missão é defender a qualidade da atenção médica no Brasil, contribuindo para o desenvolvimento da Medicina e a valorização do médico. Ocupa duas vagas no Conselho Diretor da Associação Médica Mundial, sendo também membro e uma das fundadoras da Comunidade Médica de Língua Portuguesa, além de integrar a Confederação Médica Latino-Americana e do Caribe (Confemel).

 

A entidade, presidida atualmente por José Luiz Gomes do Amaral, possui 27 Associações Médicas Estaduais e 396 Associações Regionais. Compõem o seu Conselho Científico 53 Sociedades Médicas que representam as especialidades reconhecidas no Brasil.

 

Nestas seis décadas de existência, diversos foram os avanços e conquistas não apenas da entidade, mas da Medicina brasileira. Com uma história tão grandiosa, há muitas razões para celebrar essa data. Podem ser destacadas entre reivindicações e conquistas: a defesa por valores dignos de remuneração do trabalho médico, tanto no setor público quanto no suplementar; a luta pela regulamentação da Emenda Constitucional 29; o debate sobre aborto e ortotanásia; o uso de células-tronco; e a defesa da boa qualidade da formação médica.

 

O movimento pela aprovação do projeto de lei que regulamenta o exercício profissional do médico; o avanço do debate sobre os modelos de gestão aplicáveis aos entes do Sistema Único de Saúde, buscando a melhor forma de garantir aos brasileiros o acesso universal e igualitário previsto pela Constituição, são outros projetos prioritários.

 

Por fim, a eleição do presidente José Luiz Gomes do Amaral para Associação Médica Mundial, que representa o reconhecimento internacional à Medicina brasileira, incorporada às muitas conquistas já efetivadas pelo Brasil na política externa.

 

Além da tradicional cerimônia de aniversário, o lançamento de um livro, uma viagem histórica e um concurso de contos e crônicas serão alguns dos destaques das comemorações de 60. Confira os detalhes.

 

Livro AMB 60 anos

 

Desde a década de 50, quando médicos reivindicavam melhores condições de trabalho e remuneração, colocou-se em pauta a necessidade da criação de uma instituição médica nacional. Foi quando dois expoentes da área, os professores Alípio Corrêa Netto e Jairo de Almeida Ramos, idealizaram a Associação Médica Brasileira. A eleição da primeira diretoria, durante o Congresso do Brasil Central, realizado em Uberaba (MG), em 1951 (composta pelos doutores Alípio Corrêa Netto (SP), presidente; José Martinho da Rocha (DF), 1° vice-presidente; Hilton Rocha (MG), 2° vice-presidente; Hosannah de Oliveira (BA), 3° vice-presidente; Dorival Macedo Cardoso (SP), secretário geral; Haroldo Vieira Vasconcelos (DF), subsecretário; Osvaldo Lange (SP), tesoureiro; e Eraldo Lemos (SE), subtesoureiro), passando por todas as transformações até chegar aos dias de hoje estarão registradas em um livro.

 

Segundo Hélio Barroso dos Reis, organizador da publicação, ela demarca as principais ações e finalidades da AMB, em áreas diversas, como cultural, política, educativa e histórica. "O que a AMB fez e faz pelos médicos, pela sociedade, pela medicina e pelo país é descrito em detalhes nas páginas desta verdadeira obra de arte". Cerca de quarenta autores, entre diretores da AMB, médicos historiadores e jornalistas participam desse projeto. O lançamento desse precioso documento histórico está previsto para o segundo semestre de 2011.

 

 

 I Concurso Nacional de Contos e Crônicas da AMB

 

Já estão abertas as inscrições para o I Concurso Nacional de Contos e Crônicas. Os interessados deverão enviar os trabalhos até o dia 30 de abril de 2011 para a sede da AMB, na rua São Carlos do Pinhal, 324, em São Paulo – SP, aos cuidados do Departamento Cultural. Informações sobre as inscrições, regras do concurso e premiação poderão ser obtidas pelo e-mail cultural@amb.org.br ou www.amb.org.br.

 

Viagem cultural à Grécia

 

O Departamento Cultural da AMB está organizando uma viagem rumo à Grécia, berço da civilização ocidental, das Olimpíadas, da filosofia, das artes, das ciências, da política e do espírito esportivo.  Destino ideal para quem gosta de lendas, mitologia, história, esculturas e monumentos totalmente preservados, o país também é cercado por arquipélagos e tem a combinação da metrópole grega com suas ilhas de paisagens e ruínas milenares.

 

O roteiro inclui Atenas, Ilha de Santorini e Ilha de Kos - esta última, a segunda maior ilha do Dodecaneso, é conhecida por ser o berço do pai da Medicina, Hipócrates, nascido naquele local. A viagem foi planejada para aproveitar o feriado da Semana Santa, com saída em 15 de abril e retorno no dia 24. Mais informações sobre o roteiro, tarifas e hospedagem nos telefones (11) 3337-6991 ramal 22, (11) 9904.3736 ou pelo e-mail: marcos@priceviagens.com.br.


Juliana Machado ou Monica Kulcsar | Acontece 

-- 
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa