terça-feira, 9 de novembro de 2010

Motores Renault conquistam o nono título do Mundial de Construtores da Fórmula 1

2010 - Renault F1 Team (motor RS30) - ©Renault

A Renault conquistou o título de Campeã do Mundial de Construtores da Fórmula 1, após a dobradinha dos carros da escuderia Red Bull Racing no Grande Prêmio do Brasil. Como só resta uma corrida para terminar a Temporada 2010, os carros da Red Bull equipados com motores Renault já garantiram uma posição incontestável na liderança entre os construtores.

Este é o nono título do Campeonato Mundial de Construtores de Fórmula 1 obtido por carros equipados com motor Renault e o sétimo por uma escuderia parceira.

O Presidente Mundial da Renault, Carlos Ghosn, que esteve presente à corrida no Circuito de Interlagos, em São Paulo, declarou: "Gostaria de parabenizar a escuderia Red Bull Racing, assim como nossos engenheiros que trabalham em Viry-Châtillon, pela vitória que eles acabam conquistar no Campeonato de Construtores de 2010. 

Para a equipe de Viry, é o terceiro título de campeão do mundo obtido em seis anos, o que comprova de forma concreta a qualidade dos motores Renault. Este sucesso, alcançado com o nosso parceiro, é uma prova da nossa política de fornecimento equitativo de motores e reforça ainda mais o nosso desejo, anunciado neste fim de semana, de envolver a Renault cada vez mais neste esporte, tanto como fornecedor de motores como de tecnologias de ponta."

Sebastian Vettel marcou ontem a 129ª vitória de um motor Renault na Fórmula 1, uma longa série inaugurada em 1979 por Jean-Pierre Jabouille, que, naquele ano, conquistou o Grande Prêmio da França.

Renault do Brasil | Imprensa
-- 
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa