segunda-feira, 15 de novembro de 2010

24 novembro, música erudita de qualidade, com entrada franca

Música em Pauta na APM apresenta quarteto em novembro

Com entrada franca, apresentação é aberta ao público

O Música em Pauta na APM apresenta, em 24 de novembro, o quarteto Rogério Botter Maio & Cerne, composto por Rogério Botter Maio (contrabaixo), Marisa Silveira (violoncelo), Fabio Leonardo (piano) e Alexandre Ribeiro (clarinete).

A apresentação, com início às 20h30, contará com um programa composto exclusivamente por composições de Rogério Botter Maio. O projeto faz parte da agenda cultural da cidade de São Paulo e conta com o apoio da conceituada pianista Mercedes Máttar. 

Os ingressos são gratuitos e devem ser reservados a partir de segunda-feira, dia 22 de novembro, pelo telefone (11) 3188-4301. 

Os músicos

ROGÉRIO BOTTER MAIO
Compositor, arranjador e produtor, graduou-se em música pela UNICAMP, estudou jazz e música erudita na Hochschule für Musik, em Graz, Áustria e viveu em Roma, onde atuou como músico em  "O Poderoso Chefão III". Foi bolsista da Berklee College of Music em Boston, Estados Unidos. Nos anos seguintes, viveu em Nova Iorque, tocando com Paquito D'Rivera, Lionel Hampton, Cláudio Roditi, Manfredo Fest e gravando com nomes como Gerry Mulligan & Jane Duboc, Manfredo Fest, Naná Vasconcelos, trio Transition, Dom Salvador e Duduka da Fonseca. Com seu grupo ou com outros projetos, se apresenta regularmente na Europa (Alemanha, Itália, Suíça, Áustria, Portugal, Espanha e Eslovênia), e no Indonésia Open Jazz. No Brasil, atuou com Jovino Santos Neto, Duo Fel, Danilo Caymmi, Hermeto Pascoal, Orquestra Popular de Câmara, Roberto Corrêa, Jane Duboc, Soundscape Big Band, Ná Ozzetti, Dante Ozzetti e com Dom Salvador no Chivas Jazz 2003. Gravou nos CDs de Nelson Ayres, Jovino Santos Neto, Fernando Corrêa, Djalma Lima, Eva Gomyde, Márcia Lopes.

FÁBIO LEANDRO
Iniciou seus estudos na Universidade Livre de Música Tom Jobim, onde estudou harmonia, piano, história da MPB, arranjo, orquestração e prática de grupo. Integrou a Orquestra Tom Jobim regida pelo Maestro Roberto Sion, apresentado-se com grandes nomes da MPB, como Dominguinhos, Jane Duboc, André Mehmari, Alaíde Costa, Johnny Alf, Zimbo Trio, Arrigo Barnabé, Mônica Salmaso, Toninho Ferragutti e Laércio de Freitas. Em 2005, participou da criação do septeto Baki Virado, que executa músicas próprias e temas de jazz com uma concepção brasileira. No mesmo ano, ingressou na Banda Bissamblazz. Atualmente atua no grupo do saxofonista Roberto Sion, "Os Caras e o Coroa", e trabalha com o compositor Filó Machado. 

MARISA SILVEIRA
Iniciou seus estudos de violoncelo no Conservatório de Tatuí, orientada pelos professores Hélio Magalhães e Greetchen Muller. Participou do curso ministrado pelo violoncelista Aldo Parisot. Nessa mesma cidade frequentou as edições de 1979, 1980, 1981 e 1982 do Festival de Inverno. Foi integrante da Orquestra Sinfônica Estadual em 1981, sob a regência do maestro Eleazar de Carvalho. De 1984 a 1994 integrou a Orquestra Sinfônica Municipal, sob  a regência dos maestros Isaac Karabchevsky e Davi Machado, com a qual realizou inúmeros concertos sinfônicos e montagens operísticas. É integrante da Orquestra Jazz Sinfônica do Estado de São Paulo desde 1994, onde atua frequentemente como chefe de naipe e solista. Participou dos musicais: Vitor ou Vitória, A Bela e a Fera, Ópera de Malandro, Beatles... num céu de Diamantes. Em Outubro de 2008, participou da turnê norte-americana do renomado saxofonista Brandford Marsalis por 28 cidades, sob a regência do maestro Gil Jardim. 

MARIA BERALDO BASTOS
Bacharel em Música Popular pela UNICAMP, foi premiada por composição pelo 1º Festival Guarulhos Instrumental. Em julho de 2008, participou de show montado com Tavinho Moura, no "Floripa Instrumental"; viajou em turnê pela Espanha com o grupo Margem Esquerda, sob financiamento do Ministério da Cultura e no mesmo ano foi contemplada, junto ao seu grupo Fina Estampa, pelo FICC (Fundo de Investimentos Culturais de Campinas) através do qual gravou o disco Abrideira, na Acari Records, no Rio de Janeiro, sob direção de Mauricio Carrilho. Integra o Coletivo Orquestral UNICAMP, dirigido por Mário Campos, que em 2008, realizou um espetáculo sob criação e direção de Arrigo Barnabé e acaba de lançar seu primeiro CD. Em 2010 começou a fazer parte do novo trabalho de Chico Saraiva como clarinetista e cantora, e participou do Circuito Cultural Paulista tocando em cidades do interior do estado. 

PROGRAMA
Quiprocó - Muito Prazer - Primeiro Choro - Belluno - Devagar com o Andor - Baião Means - The Other "One"- Trilhas - Crescendo -  Valsa Curitibana - Tudo por um Ocaso - Voltando ao fio da Meada 

Música em Pauta na APM (170 lugares)
Data: 24 de novembro de 2010
Local: Auditório Nobre da Associação Paulista de Medicina
Endereço: Av. Brigadeiro Luís Antônio, 278
Horário: 20h30
Entrada franca
Informações e reserva de ingressos
(11) 3188-4301 ou 3188-4302 


Monica Kulcsar ou Juliana Machado | Acontece
-- 
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa