quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Hospedagem é tema de palestra na UNB

Representantes de órgãos oficiais e da rede hoteleira avaliaram as condições que Brasília oferece, como uma das cidades-sede, para receber jogos da Copa do Mundo de 2014 

 

Brasília (28/10/10) – Na noite de ontem (27), o Centro de Excelência em Turismo da Universidade de Brasília (CET/UnB) promoveu o Ciclo de Palestras 2010, no qual foram discutidos os desafios para a oferta de hospedagem em Brasília, com foco na Copa 2014.

 

O ciclo de palestras contou com a participação de representantes de órgãos oficiais e de entidades que trabalham no ramo da hotelaria. As discussões foram a respeito das unidades habitacionais disponíveis hoje no mercado de Brasília, uma das cidades-sede da Copa, e sobre a hospedagem alternativa como opção temporária para o período dos jogos.

 

Ricardo Moesch, diretor do Departamento de Estruturação, Articulação e Ordenamento Turístico do Ministério do Turismo (MTur), fez uma apresentação sobre a nova classificação dos meios de hospedagem. Moesch destacou que a construção das matrizes foi feita por meio de um processo participativo. "Além das oficinas realizadas pelo país, com a participação de entidades públicas e privadas, as matrizes foram colocadas em consulta pública no site do MTur, obtendo mais de 6 mil acessos", disse ele.

 

Também estiveram presentes o secretário de Turismo do GDF, Delfim da Costa; César Gonçalves, empresário e diretor-geral do Instituto Brasileiro de Hospedagem; Thomaz Ikeda, presidente da Associação Brasileira de Indústrias de Hotéis no DF; e Socorro Lopes, presidente da Associação Cama e Café de Parintins (AM).

 

Aberto ao público, o evento foi uma iniciativa da Coordenação de Projetos de Hotelaria do CET, em parceria com o Sebrae-DF. "Como representantes da Universidade de Brasília, temos o dever de promover uma discussão nesse sentido, antevendo a grande movimentação de estrangeiros e brasileiros durante os jogos da Copa do Mundo", explicou a coordenadora de Projetos de Hotelaria do CET/UnB, Ariadne Bittencourt. O objetivo, segundo a coordenadora, é trazer à reflexão os pontos positivos e negativos da hospedagem alternativa.

 

 Assessoria de Comunicação do Ministério do Turismo 

-- 
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa