domingo, 15 de agosto de 2010

Serra defende mais investimentos em saúde e escolas técnicas em visita a Baixada Fluminense

Vladimir Platonow | Agência Brasil 

Rio de Janeiro – O candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, defendeu mais investimentos em saúde, com a instalação de ambulatórios médicos de especialidades nas regiões mais pobres do país, e em escolas técnicas, inclusive para formar profissionais de saúde.

O candidato criticou hoje (14) o governo federal pela falta de saneamento na Baixada Fluminense. O tucano esteve em Nova Iguaçu e percorreu um trecho do bairro de Comendador Soares, onde a maior parte das ruas é de terra.

"A obra de saneamento você vê aqui na rua. Fala-se muito de saneamento. O governo federal faz uma propaganda imensa, mas a gente não vê acontecer na realidade. Aqui você tem esgoto à luz do dia. Tem rua sem calçamento à luz do dia. É preciso fazer menos propaganda neste aspecto e fazer mais coisas acontecerem. Tirar realmente do papel", afirmou Serra.

O candidato cumprimentou moradores, entrou nas casas e comeu um churrasquinho em cima de uma laje. Perguntado pelos jornalistas sobre os últimos números divulgados ontem (13) pelo instituto Data Folha, em que aparece oito pontos percentuais atrás da candidata Dilma Rousseff (PT), Serra preferiu não comentar: "Eu não falo de pesquisa. Eu já estive muito na frente, andei para trás, andei para frente. Eu não comento pesquisa, se não a gente não faz outra coisa". 

No final da tarde, Serra inaugurou um comitê de campanha no bairro do Leblon, zona sul do Rio de Janeiro. 

Edição: Rivadavia Severo

--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa | www.coletivodeimprensa.jor.br