segunda-feira, 21 de junho de 2010

Em debate, o retrato da população brasileira em 2010

Por sugestão do senador Eduardo Suplicy (PT-SP), a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) promoverá na próxima terça-feira (22) audiência pública para discutir o 12º Censo DemográficoBrasileiro. O presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Eduardo Pereira Nunes, deverá expor aos senadores a extensão e a profundidade do trabalho a ser realizado, as características socioeconômicas buscadas e as perspectivas oriundas da pesquisa.

O planejamento do censo começou em 2007 e entra em fase de ajustes finais neste e nos próximos meses. O treinamento das equipes de coleta de dados, iniciado em março, deve terminar em julho. Em 1º de agosto, começa a coleta de informações, que se dará pelo período de quatro meses. É prevista para dezembro a divulgação dos primeiros resultados.

Abrangência
O censo deve ser aplicado em todos os 5.565 municípios brasileiros, com visita a aproximadamente 58 milhões de domicílios. Para chegar a tanta gente, o IBGE mobilizará um exército de cerca de 240 mil pessoas nas atividades de coleta de informações, supervisão e apoio. O orçamento previsto é de R$ 1,4 bilhão.

Para manusear os dados, o IBGE dispõe de um arsenal tecnológico composto de centenas de computadores em rede nacional, rede de comunicação em banda larga e 220 mil equipamentos de mão com receptores de GPS.

O produto final, segundo o IBGE, deve ser um grande retrato em extensão e profundidade da população brasileira e de suas características socioeconômicas. Sobre esse retrato deverá se assentar todo o planejamento público e privado da próxima década.

Djalba Lima / Agência Senado
-- 
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa | www.coletivodeimprensa.jor.br