sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Inscrições para o Prêmio Rosani Cunha vão até dia 24 de janeiro


A premiação, criada pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS),  tem como um de seus propósitos a articulação e  integração entre pesquisas e estudos que envolvem a questão do desenvolvimento social e as práticas coordenadas por governos e pela sociedade civil organizada

  

            Com o objetivo de premiar boas práticas desenvolvidas nas áreas da assistência social, segurança alimentar e nutricional e transferência de renda, o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) lançou o Prêmio Rosani Cunha de Desenvolvimento Social, cujas inscrições podem ser feitas até o dia 24 de janeiro de 2010.  A seleção ocorrerá em três etapas e serão premiadas 12 ações na modalidade Práticas de Governos Estaduais, Municipais e do DF – sendo quatro para governos estaduais ou do DF e oito para governos municipais. Na modalidade Práticas da Sociedade Civil serão selecionadas quatro iniciativas. Outros cinco prêmios serão distribuídos para Estudos Acadêmicos – sendo três na categoria profissional e dois na categoria estudante.

            Ações Integradas para a Proteção e Promoção Social é o tema da premiação, que  também tem a finalidade de articular e integrar o debate e as reflexões entre pesquisas e estudos sobre a questão do desenvolvimento social e as práticas coordenadas por governos e pela sociedade civil organizada. Interessados em participar da seleção podem efetuar a inscrição em www.mds.gov.br/premiorosanicunha.


            A cerimônia da  primeira edição do Prêmio Rosani Cunha será realizada em março de 2010 e a partir daí terá periodicidade bianual. Todas as regras sobre a premiação serão publicadas no Diário Oficial da União. Os organizadores da iniciativa também  desenvolveram o Observatório de Desenvolvimento Social, hospedado no Portal do MDS, com a finalidade de manter um arquivo dinâmico e acessível ao público sobre as experiências desenvolvidas no País e as iniciativas selecionadas pelo prêmio.


            Os dois primeiros colocados na categoria  prática municipal terão a chance de participar de missão internacional. Já os vencedores de outras categorias receberão uma viagem em missão nacional de intercâmbio.

 

Fernanda Souza

ASCOM / MDS




--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura