sábado, 30 de janeiro de 2010

Cemig supera metas para fornecimento de energia em Uberlândia

A Companhia Energética de Minas Gerais - Cemig superou as metas para fornecimento de energia elétrica aos consumidores de Uberlândia em 2009. Nesse período os consumidores do município tiveram o fornecimento de energia interrompido, em média, 4,34 vezes, para um limite de sete interrupções - resultado 38% menor que o estabelecido pela Agência Nacional de Energia Elétrica - Aneel. 

No ano, a duração média das interrupções foi de 6,16 horas, para um limite de sete horas - resultado 12% menor que o limite definido pela Aneel. "É um resultado expressivo se considerarmos que a meta estabelecida é bastante ousada e que temos 8760 horas durante o ano", destaca o Gerente de Serviços de Distribuição da Cemig, Claudinei Jeremias de Ávila. 

A superação das metas definidas pela Aneel foi possível através do contínuo investimento realizado pela Cemig na melhoria do atendimento aos seus clientes, tais como: central de atendimento Fale com a Cemig, que utiliza modernas instalações e os mais avançados recursos tecnológicos, possibilitando atendimento 24 horas por dia através de discagem gratuita para o telefone 116, agência virtual, disponível através do endereço eletrônico www.cemig.com.br, agilidade na operação e despacho de serviços ao veículo mais próximo da ocorrência, reduzindo o prazo de interrupção, além de ações preventivas de inspeção, limpeza de rede, manutenção, poda de árvores, reforma e melhoramento que são desenvolvidas continuamente para melhorar a confiabilidade do sistema elétrico.

Cresce Minas

Com investimentos da ordem de R$ 750 milhões, sendo R$ 100 milhões financiados pela Eletrobrás e R$ 650 milhões pela Cemig, o Cresce Minas é um dos programas estruturadores do governo do Estado que está em curso desde 2006. Os principais objetivos do projeto são o atendimento ao crescimento do mercado de Minas e a recuperação e manutenção dos níveis de qualidade de serviço dentro dos parâmetros regulatórios. 

Este ano, estão previstos investimentos de R$ 170 milhões em subtransmissão e de R$ 51 milhões em redes. Até o fim de 2010, o programa beneficiará 310 municípios (40% do total de municípios da área de concessão da Cemig), com 4 milhões de habitantes e 1,1 milhão de consumidores, e irá gerar, até sua conclusão, aproximadamente mil empregos diretos.

Do total previsto, já foram investidos R$ 521 milhões em quatro anos, dos quais R$ 293 milhões em linhas e equipamentos de subtransmissão. O restante foi utilizado para a implantação e melhorias em redes de média e baixa tensão, ou seja, R$ 228 milhões. Apenas em 2009, os investimentos foram de cerca de R$ 150 milhões em linhas de distribuição e subestações e de R$ 61     milhões em média e de baixa tensão.
 
Ivan Magela / Cemig
-- 
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

Ministério da Pesca e Aquicultura realiza treinamento da Política Territorial

O Ministério da Pesca e Aquicultura realiza treinamento em Brasília para capacitação de nove articuladores e técnicos do setor que atuam juntos na política territorial da aquicultura e pesca.

O evento que vai até o dia 30 de janeiro, tem o intuito e planejar e integrar  os novos articuladores aos demais grupos que já existem nos cinquenta e um territórios em que o MPA atua.

A estrutura do Plano Mais Pesca e Aquicultura é apresentado aos participantes com suas diretrizes políticas e para elaborar um plano de atuação.

Os articuladores dos territórios trabalham diretamente com os atores sociais da pesca e instituições parceiras como EMATER, Prefeituras, Órgãos Estaduais e Federais e Colônias de pescadores.

O papel dos articuladores é fazer um diagnóstico dos empreendimentos da aquicultura e pesca. Após mapear esses empreendimentos já existentes, ele ajuda no desenvolvimento de projetos, programas e ações do MPA, promoção dos arranjos institucionais, apoia e difundi os programas e ações da política territorial.

Após verificar as reais necessidades da região, o articulador apresenta ao Colegiado Territorial, (formado por membros do poder público e da sociedade civil organizada), que aprova a proposta e encaminha ao MPA.

Um dos articuladores que está em treinamento, Aguinaldo Silva da Zona da Mata Sul - Paraíba, diz que após a criação do Ministério da Pesca e Aquicultura, os pescadores da sua região estão mais esperançosos, pois agora eles têm acesso à política pública e o estado está conseguindo se organizar melhor e ver o setor crescer de uma forma rápida. "A felicidade dos pescadores ao nos receber em sua região é enorme e hoje todos trabalham com mais felicidade e esperança", diz Aguinaldo.

A Política de Desenvolvimento Territorial da Pesca e Aquicultura foi planejada a partir de territórios que foram delimitados por identidades culturais, sociais e econômicas devendo ser integrados às metas do Plano Mais Pesca e Aquicultura.

A política de desenvolvimento territorial visa à ampliação da participação social e descentralização dos processos decisórios com fortalecimento da capacidade dos pescadores e aquicultores na articulação das políticas públicas, voltadas para o desenvolvimento do setor.

Viviane Paganotte |  Comunicação/Ministério da Pesca e Aquicultura

Veja também o que publicamos sobre Pesca e Peixe

SOCESP ABCDM promove discussão de casos clínicos

A Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo Regional ABCDM realiza, em 11 de fevereiro de 2010, um encontro para discussão de casos clínicos. O evento, que acontece mensalmente, tem como objetivo propiciar aos médicos da região atualizações sobre conhecimentos científicos e recentes práticas clínicas importantes para a boa saúde do coração.

 

"Nessas reuniões, o cardiologista tem a oportunidade de trazer o caso, de qualquer patologia, e mostrar exames realizados, as condutas tomadas e os resultados alcançados, compartilhando sua opinião e corroborando com a qualificação profissional dos presentes", comenta o dr. Sílvio Cembranelli Neto, presidente da SOCESP ABCDM.

 

Não existem temas pré-definidos, mas de acordo com dr. Sílvio é comum abordar as dúvidas de interpretação, correlação entre teste ergométrico e medicina nuclear, entre outros pontos. As discussões são norteadas seguindo as Diretrizes da Sociedade Brasileira de Cardiologia para cada caso apresentado, esclarecendo as condutas individuais ou de cada serviço.

 

"É importante ressaltar que os temas são livres; pode ser um paciente com acompanhamento de anos com um colega, ou um eletrocardiograma que deixou dúvidas, ou uma correlação clínica com exame complementar. Enfim, estamos abertos a todas as discussões. Muitas vezes, tempos depois do encontro, o médico volta com mais resultados sobre aquele paciente que já foi discutido anteriormente, e esse retorno é relevante para o aperfeiçoamento da prática médica", completa o dr. Sílvio.

 

Os interessados em participar podem confirmar a presença por e-mail ou por telefone.

 

Discussão de Casos Clínicos

Data: 11 de fevereiro de 2010

Horário: 20h

Local: Pizzaria San Marco

Endereço: Rua das Bandeiras, 271 – Bairro Jardim – Santo André

Telefones: (11) 4992-1787

Mais Informações: abcdm@socesp.org.br

 

Acontece Comunicação e Notícias
www.acontecenoticias.com.br


--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

MTV Brasil - Viva!MTV

Credito das fotos: Divulgação/MTV

Viva! MTV é o programa do Verão MTV que fala de bem estar, alimentação, exercícios, beleza, saúde e tudo o que é relacionado a qualidade de vida, com apresentação da Marina Person e matérias especiais comandadas pela Titi Müller.

O tema que vai ao ar na próxima segunda-feira, 01/02, é "A Praia a seu Favor". O programa vai mostrar tudo de bom que a praia pode nos oferecer. 

Marina bateu um papo com uma naturóloga sobre a talassoterapia, a terapia do mar, e conversou com um crudívoro para saber como é a rotina de quem só come alimentos crus. 

Enquanto isso, nossa repórter Titi botou a mão na areia e encarou um treino pesado com um especialista em exercícios na praia. 

Assessoria de Imprensa - MTV Brasil

--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

Alcoa oferece 56 vagas em Juruti, no Oeste do Pará

A Alcoa anuncia processo seletivo para profissionais que tenham interesse em trabalhar na Mina de Juruti, localizada no coração da Amazônia, no Pará. Há 56 vagas para as funções de analista de Custo Produção Consultor; engenheiro Consultor de Planejamento de Mina; engenheiro Elétrico Sênior, engenheiro Mecânico Sênior, engenheiro de Controle Ambiental, engenheiro de Processo Sr, médico do Trabalho, superintendente de Infraestrutura e Manutenção Civil, superintendente Técnico, supervisor de Geologia, supervisor de Manutenção Mecânica, supervisor de Mina, supervisor de Produção, supervisor de Engenharia e Manutenção, supervisor de Segurança e Higiene, técnico de Manutenção Sênior, técnico de Mineração Sênior, técnico Elétrico Sênior, técnico em Geologia Sênior, técnico em Manutenção Especializado, técnico em Manutenção Mecânica Sênior, técnico de Manutenção  Pleno, técnico de Produção Sênior e instrutor de Treinamento Operacional.

A Mina de bauxita de Juruti, inaugurada em Setembro de 2009 com investimentos de R$ 3,5 bilhões, é um dos maiores empreendimentos de mineração da Alcoa. Está estruturado e preparado para produzir até 12 milhões de toneladas anuais do minério. As reservas minerais na região de Juruti permitem a previsão de uma vida útil do empreendimento, no atual nível de conhecimento geológico, de no mínimo 70 anos.

 

Juruti, um dos mais antigos municípios do Pará, tem 126 anos e cerca de 37  mil habitantes, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística-IBGE. Desse total, 60% reside nas 150 comunidades rurais que predominam na região. Há poucos anos, tradicionalmente, sua economia estava no cultivo da mandioca, pesca, pecuária e demais tipos de extrativismo.

Requisitos – para participar do processo seletivo, é necessário que o candidato possua curso técnico, superior ou de extensão completo; desejável experiência anterior e disponibilidade para morar em Juruti. Mais detalhes sobre as vagas - como quantidade de postos de trabalho e cursos exigidos para participar do processo - podem ser encontrados em www.alcoa.com.br.

Benefícios – a Empresa oferece previdência privada, assistência médica, plano odontológico, auxílio-farmácia, seguro de vida em grupo, benefício alimentação e transporte, auxílio-moradia, entre outros.

Serviço – Os interessados devem efetuar o cadastro até 26 de Fevereiro por meio do endereço eletrônico: www.alcoa.com.br

Sobre a Alcoa

Há 45 anos no Brasil, a Alcoa Alumínio S.A. é subsidiária da Alcoa Inc., líder mundial na produção e transformação do alumínio, que atua nos mercados aeroespacial, automotivo, embalagens, construção, transportes comerciais e no mercado industrial. Além de alumina e alumínio primários, a Alcoa fabrica produtos transformados como laminados e extrudados, bem como rodas forjadas, sistemas de fixação, fundidos de superligas e de precisão, estruturas e sistemas para construções. A Companhia possui 63 mil funcionários em 31países e integra pela oitava vez consecutiva o Índice Dow Jones de Sustentabilidade. Foi eleita por cinco vezes consecutivas uma das empresas mais sustentáveis do mundo no Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suíça e é uma das fundadoras da Parceria Americana pela Ação Climática (United States Climate Action Partnership - USCAP), uma associação composta por importantes companhias e ONGs ambientais norte-americanas que lutam pela redução significativa das emissões de gases causadores do efeito estufa.

Na América Latina e Caribe, a Alcoa conta com mais de sete mil funcionários e opera em seis estados brasileiros - Pernambuco, Minas Gerais, Maranhão, Pará, São Paulo e Santa Catarina - incluindo uma nova mina de bauxita, instalada em Juruti-PA. Possui operações também na Jamaica, Suriname e Trinidad & Tobago. Além das usinas de Barra Grande e Machadinho, a Alcoa tem participação nos consórcios das hidrelétricas em construção de Estreito, na divisa do Tocantins e Maranhão; e Serra do Facão, entre os estados de Goiás e Minas Gerais. Em 2009 a Alcoa foi eleita uma das 20 empresas-modelo pelo Guia Exame de Sustentabilidade. Foi incluída pela nona vez entre as Melhores Empresas para se Trabalhar no Brasil, pelo Instituto Great Place to Work. Também foi uma das "empresas mais admiradas do Brasil", segundo pesquisa publicada pela revista Carta Capital; e destaque no ranking das 500 Melhores Empresas da revista Dinheiro. A mesma revista incluiu a Alcoa em sua lista das 50 Empresas do Bem. Foi reconhecida no Guia de Boa Cidadania Corporativa 2006, publicado pela revista Exame, nas áreas de Valores e Transparência e de Governo e Sociedade. Mais informações sobre a Alcoa podem ser encontradas no site www.alcoa.com.br

Ricardo Morato / CDI Comunicação Corporativa
www.cdicom.com.br

--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

"Renault TV" é o mais novo canal de entretenimento para os apaixonados por carros

O Grupo Renault lança amanhã, 28 de janeiro, o 'Renault TV': seu próprio canal de televisão, disponível na França (349 Canalsat) e na Inglaterra (Sky Guide 883). Primeira marca a lançar um canal internacional de TV, a Renault tem como objetivo reforçar a sua presença perante o grande público. O 'Renault TV' passa a ser uma grande vitrine da marca e de seus veículos com uma programação exclusiva, 24 horas por dia, criada para divertir, informar e fazer sonhar. O 'Renault TV' também estará disponível no You Tube, Dailymotion, facebook, itunes e pelo site www.renault.tv.

O 'Renault TV' é fruto do sucesso do canal de internet www.renault.tv, criado em março de 2009 e com conteúdo disponível em inglês e francês. "A Renault é a primeira montadora a lançar seu canal de TV na Sky, Canalsat e na Internet. Com um potencial de audiência de 30 milhões de espectadores, o 'Renault TV' é uma verdadeira oportunidade de ampliar o nosso público", explica Patrick Fourniol, Diretor de Marketing do Grupo Renault.

O 'Renault TV' trará programas que mostram test drives dos modelos da marca, cobertura de corridas e de bastidores de competições, como World Series by Renault e Fórmula 1, entrevistas com personalidades, documentários sobre a história da marca e sobre os avanços tecnológicos da indústria automotiva, reality shows a bordo de modelos Renault, quizzes e muito mais. O canal conta com parcerias para a geração de conteúdo com as empresas Publicis Entertainment, filial da Publicis Worldwide, e RDF Media Group.

http://www.renault.tv


--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Brunch no restaurante Tarsila no domingo de Carnaval

Bufê possui mais de 50 itens e é ideal para recarregar as energias nos dias de folia 

 

O restaurante Tarsila oferece, no domingo de carnaval, dia 14 de fevereiro, um brunch completo, das 12h às 16h. Ideal para quem quer recarregar as energias após os bailes, ou apenas aproveitar o feriado para degustar pratos saborosos preparados pelo chef Marcelo Pinheiro, o brunch tem o custo de R$ 95 por pessoa. Os mais de 50 itens do cardápio estão divididos entre estações, como de saladas, sopas frias, saladas compostas, queijos, massas, risotos e sobremesas.

Um diferencial é a opção de comida japonesa, com sushis e sashimis.

 

Há também  a estação de ostras naturais, com molho de limão siciliano. Entre os pratos principais servidos, estão costeleta de cordeiro com manteiga rústica e crosta de ervas, camarão ao molho de nantua e merken e moqueca capixaba. O bufê completo inclui ainda espumante nacional à vontade e uma estação de sucos naturais.

 

Serviço:

Restaurante Tarsila (InterContinental São Paulo)

Endereço: Al. Santos, 1123 – Cerqueira César

Brunch no domingo de Carnaval, dia 14/02

Horário: 12h às 16h

Valor: R$ 95 por pessoa

Inclui: bufê completo com espumante nacional à vontade e sucos

Cartão de crédito: Todos, exceto Hipercard

Estacionamento: R$ 8 por 3 horas para clientes do Tarsila

Informações e Reservas: (11) 3179-2555

 

Sobre o restaurante Tarsila

Localizado no lobby do InterContinental São Paulo, o restaurante Tarsila é comandando pelo chef Marcelo Pinheiro, que utiliza sofisticadas técnicas francesas para preparar pratos da alta gastronomia, com ingredientes tipicamente brasileiros. No comando de uma equipe formada por 32 profissionais, tem como objetivo manter o alto padrão gastronômico e sempre inovar no menu e na apresentação dos pratos.

 

Vanessa Grinberg / Fundamento
--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Blockbuster lança com exclusividade o filme "Tudo por você"

A Blockbuster acaba de lançar com exclusividade a comédia romântica "Tudo por Você", que está disponível para locação nas lojas físicas e online. O filme nos Estados Unidos foi ao circuito de cinema, mas no Brasil, devido à pequena quantidade de salas disponíveis, está sendo lançado diretamente em DVD para o aluguel pela Blockbuster.
 
Com o nome "My One and Only", em sua versão em inglês, o filme foi ganhador em 2009 do prêmio The Women Film Critcs Circle Award e alcançou o primeiro lugar no ranking de locações nos Estados Unidos na semana de lançamento. A direção é de Richard Loncraine e o elenco tem nomes como Renée Zellweger, de "O Diário de Bridget Jones", e Chris Noth, de "Sex and the City", além de Kevin Bacon e Eric McCormackl. "Uma história de amor, um conto de estrada,uma narrativa de idade com uma grande dose de humor irônico em um só filme", New York Times.
 
Sinopse - Quando Anne Deveraux (Renée Zellweger) encontra seu marido (Kevin Bacon), um bandleader, na cama com outra mulher, ela faz as malas, esvazia o cofre, compra um Cadilac conversível azul e começa uma viagem pelo país com seus dois filhos. Partindo de Boston para Pittisburg, St. Louis, Albuquerque e, finalmente, Hollywood, sua procura por uma nova vida não se mostra simples. Mas a riqueza de conhecer realmente seus filhos - Robbie, cujo sonho é viver nos palcos, e George, um cínico e provável escritor que espera que a viagem o leve de volta para casa (rapidamente!) - faz da sua angustiante aventura nas estradas americanas a experiência mais valiosa das suas vidas.

 

Ficha técnica

 

TÍTULO ORIGINAL: My One and Only

 

TÍTULO EM PORTUGUÊS: Tudo por Você

 

DIREÇÃO: Richard Loncraine

 

ELENCO: Renée Zellweger, Chris Noth, Kevin Bacon, Eric McCormack

 

GÊNERO: Comédia Romântica

 

DURAÇÃO APROXIMADA: 108 minutos

 

FORMATO DE TELA: 16X9 Widescreen

 

ÁUDIO: Inglês 5.1 / Inglês 2.0 / Português 2.0

 

LEGENDAS: Português

 

EXTRAS: Sinopse, Ficha Técnica

 

REGIÃO: 4

 

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA: 14 anos

 

Máquina da Notícia

Aline Toledo
--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

CNJ faz primeira sessão plenária do ano nesta terça-feira

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) volta a se reunir nesta terça-feira (26/01), às 9 horas, em Brasília, na primeira sessão plenária do ano, que contém 47 itens na pauta de votação.  Entre os assuntos a serem discutidos está a proposta de Recomendação do CNJ para que os Tribunais editem ato normativo que regulamente a possibilidade de protesto extrajudicial de Certidão de Dívida Ativa. A medida visa a redução dos conflitos perante os órgãos judiciários, além de contribuir para a diminuição do número de execuções fiscais ajuizadas.

Os conselheiros também deverão  apreciar a legalidade da Resolução nº 13/2008 do Tribunal de Justiça do Maranhão, que prevê a exigência de exame toxicológico para a investidura em cargo efetivo do Tribunal.
 
O questionamento foi feito pelo Sindicato dos Servidores da Justiça do Estado do Maranhão (Sindjus/MA). A entidade quer saber se ,  em caso de resultado positivo no exame, o servidor será impedido de assumir o cargo ou será encaminhado para tratamento. O sindicato pede ainda que, caso o CNJ entenda pela legalidade da medida, a exigência seja estendida também a servidores comissionados (não concursados) e aos magistrados. 
 
Há ainda uma consulta sobre a prática de nepotismo no Judiciário. O Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário Federal no Estado do Piauí (Sintrajuf/PI) pede a verificação de suposto caso de nepotismo cruzado no Tribunal Regional do Trabalho da 22ª Região. Em outro processo, a Associação dos Oficiais de Justiça do Ceará (Aojece ) questiona qual o limite de atuação dos oficiais de justiça em outra jurisdição. Os conselheiros vão examinar também uma consulta formulada pelo advogado Thiago Antônio Sumeira sobre a possibilidade de realização de provas nos concursos para carreiras jurídicas, simultaneamente, no interior do Estado de São Paulo, onde atua.

Na pauta de julgamentos, está ainda um pedido do Ministério Público de Goiás para anular contrato de locação do Tribunal de Justiça do Estado (TJGO), sem licitação, para abrigar as Varas de Fazenda Pública, em um prédio com problemas estruturais e riscos de desabamento. Em outro processo, vários requerentes pedem a proibição ao TJGO de transformar a garagem dos prédios alugados em cartórios da 2ª Vara da Fazenda Pública Estadual e 1ª Vara da Fazenda Municipal, além do afastamento do desembargador aposentado que coordena as obras.  Ao final da sessão, caso haja processos a serem julgados, a sessão do CNJ irá prosseguir na quarta-feira (27/01), a partir das 9 horas.

EF/EN
Agência CNJ de Notícias

--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

Aesbe inicia contactos para cooperação técnica com ministério do governo japonês

Esse é um dos resultados do encontro entre Aesbe e representantes do Ministério do Território, Infraestrutura, Transportes e Turismo do Japão, realizado hoje, em Brasília-DF

Um convênio de cooperação técnica está sendo discutido entre a Associação das Empresas de Saneamento Básico Estaduais (Aesbe) e a Japan Sewage Works Association, do Japão - uma das associações similares a Aesbe, no país asiático.

A cooperação técnica foi um dos temas principais do encontro entre representantes do Ministério do Território, Infraestrutura, Transportes e Turismo do Japão e da Aesbe, ocorrido hoje (25/01), em Brasília-DF. O objetivo inicial dos japoneses foi conhecer as condições gerais e institucionais da prestação dos serviços de abastecimento de água e de esgotamento sanitário aqui no Brasil, bem como da possibilidade de fornecimento e troca de tecnologias, principalmente na área de esgotamento sanitário.
Depois de ter ouvido a explanação do superintendente executivo da Aesbe, acerca do panorama geral do saneamento básico brasileiro, o diretor de Obras Internacionais, vinculado ao Ministério do Japão, Yoshiaki Nanami, disse que seria importante que as informações ocorressem, a partir de agora, diretamente entre Aesbe e a associação japonesa.

Um protocolo de intenções será trocado entre as entidades. A Aesbe se propôs a realizar um levantamento junto às 24 Companhias Estaduais de Saneamento – suas Associadas – para saber quais os principais processos e tecnologias são, atualmente, empregados nos sistemas de esgotamento sanitário e as necessidades existentes, principalmente no que se refere ao reúso dos efluentes líquidos tratados e ao aproveitamento do lodo gerado nas estações de tratamento de esgoto.

Os representantes do governo japonês também se mostraram favoráveis à troca de novas tecnologias, inclusive cogitando a possibilidade de intercâmbio técnico, cujos alvos específicos serão as associadas da Aesbe.

O desenvolvimento do setor de saneamento básico, no Brasil, em especial o trabalho das companhias de saneamento, representadas institucionalmente pela Associação das Empresas de Saneamento Básico Estaduais (Aesbe), está repercutindo mundialmente. Umas das provas é o interesse do Japão em conhecer e auxiliar ainda mais, esse braço da infraestrutura brasileira.
O Superintendente da Aesbe considerou que o interesse japonês pelo saneamento básico brasileiro é a confirmação de que o País está no rumo certo. "Apesar da presença japonesa no saneamento já ocorrer em diversos projetos, é importante que esse contato se amplie, pois o Brasil está precisando de novos insumos para a ampliação dos serviços e, principalmente, de capacitação e de tecnologia, elementos dos quais os japoneses são muito fortes e tem muito a contribuir. O Brasil só tem a crescer se essas visitas se converterem em investimentos e transferência de tecnologia", concluiu.
A comitiva japonesa segue, ainda hoje, para São Paulo e Rio de Janeiro, onde se encontrará com técnicos do setor para reforçar a intenção de estreitamento das relações entre Brasil e Japão.
Aurélio Prado
Assessor de Imprensa

--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

Samprazer em turnê: ‘Símbora Meu Povo’

O grupo de pagode que já fez parcerias com nomes como

ExaltaSamba, Pixote e Jeito Moleque excursiona com o 2º. CD de sua carreira 

Samprazer excursiona pelo Brasil todo com o CD Símbora Meu Povo, o segundo da carreira desse grupo de pagode que está na estrada há mais de 15 anos e é formado por Billy SP no vocal e banjo, Nassor Alvim no cavaquinho, Renato Marinho no tantan, Júnior Bolacha no repique e Rapha dy Souza no pandeiro. O CD composto por 15 faixas, sendo 13 delas inéditas, foi produzido por Peu Cavalcante e pelo próprio grupo. O Samprazer detém grande parte das canções do álbum, o repertório foi escolhido de forma bem criteriosa e fala de coisas do cotidiano, alegria amor, protesto, mas sempre de uma forma descontraída e positiva como a Vira Casaca (A Sogra) com os versos "Arrumei um dinheirinho, já comprei nosso cantinho. A sua mãe falava esse pagodeiro, sem futuro e sem emprego (...) Agora chega sorridente no pagode" ou a Coisas da Vida "Todo mundo perdeu um amor, Todo mundo também já ganhou (...) são coisas da vida". "Qualquer uma das 15 faixas do CD pode ser de trabalho, ou seja, não entra música só para completar o CD", explica Billy SP.

Uma das grandes novidades deste novo trabalho fica por conta da sonoridade, já que o grupo teve mais autonomia  e tempo para trabalhar letras e arranjos musicais, além disso contaram com a parceria do Edi Rock, do Racionais MC`s, na música Pé no Chão. "Foi maravilhoso, pois temos uma proximidade muito grande com o movimento Rap e tivemos a felicidade de ter a participação dele", comenta. Este CD vem para consagrar esse grupo de pagode que já fez parcerias com grandes nomes do gênero como ExaltaSamba, Pixote e Jeito Moleque, leva muitos fãs fiéis por onde passa e o principal vem conquistando mais e mais espaço, além de ter muitos sucessos do primeiro trabalho espalhados por aí, como: Tá Chovendo Mulher, Saudade do Amor, Deixa Rolar e Pára.

O Samprazer prepara mais novidades. Vem aí o DVD!

Faixas do CD:

1 – Fazendo as Pazes – 2`37" – Pézinho / Riquinho;

2 – Isso é Caô – 3`19" – Felipe Silva / Nenem Chama;

3 – Não Beba com Moderação – 3`58" – Billy SP / André Lemos;

4 – Vira Casaca (A Sogra) – 3`10" – Billy SP / Pézinho;

5 – Dieta do Chá – 3`35" – Carlos Caetano / Moisés Santiago / Kallango;

6 – Chora – 3`38" – Billy SP / André Lemmos;

7 – Pé no Chào – 3`33" – André Renato / Marquinhos PQD / Carlito Cavalcante

Part. Especial Edi Rock (Racionais MC`s);

8 – Te Quero Pra Mim – 3`13" – Billy SP / Pelezinho;

9 – Mal Acostumada – 3`13" – Carlos Caetano / Adriano Ribeiro;

10 – Símbora Meu Povo – 2`59" – Nassor Alvim / André Lemos;

11 – Saia Rodada – 3`09" – Billy SP / Nassor Alvim / Xande de Pilares;

12 – Até Quando – 3`33" – Billy SP / Nassor Alvim / Carlos Caetano;

13 – Subita Paixão – 3`26"- Alexandre Pezão / Dney do Gueto / Mario JP;

14 – Gostosa – 3`59" – Felipe Silva;

15 – Coisas da Vida – 3`45" – Billy SP / Nassor Alvim; 

Mais sobre Samprazer:

O Samprazer nasceu no início dos anos 90 na periferia da zona sul da Grande São Paulo, mais precisamente na cidade de Taboão da Serra. Billy SP e Nassor Alvim resolveram formar o grupo à partir de grande afinidade que já tinham como parceiros de composições para artistas como, Exaltasamba (Segura a Onda / Eu não consigo sem você / Teu Segredo / Acaba tudo bem / Samba que a gente Exalta); Pixote (A fila Anda 'Tchau'); Jeito Moleque ( Teu Segredo / Não tem Pra Ninguém); Rodriguinho (Nem Aí); Revelação (Pára); Harmonia do Samba (Pessoa Ideal); Art Popular (Amor é Fogo / Coisas Da Vida); Chrigor (Falta); Doce Encontro (Volta Pra Casa); Turma do Pagode (Greve de Amor); É D'Mais (Ouve essa Canção); Amizade Verdadeira (Sem Essa de Adeus); Netinho de Paula (Um Novo Dia); Refla (Linda de Morrer / Pequena Princesa / Um novo dia); Os Travessos(Vou te Procurar / Sem o teu Amor / A gente tem que se entender), entre outras canções e artistas.

No final dos anos 90 passam a contar com Rapha Dy Souza e Renato Marinho e Junior com isso, surgiu a formação que permanece até hoje. No início de 2006 , o Samprazer começou a gravar seu primeiro álbum com direção musical e produção de Bira Haway e Peu Cavalcante. Em agosto de 2006 mesmo ainda sem o grupo dispor de um selo fonográfico para a duplicação, promoção e comercialização de seu álbum, duas músicas "Na Pagodeira" e " Paixão Verdadeira", que começaram a ser executadas pela principal rádio da Grande São Paulo, Transcontinental FM. Esse sucesso não é para qualquer um. Por tudo isso, que a expectativa em cima do lançamento deste segundo CD é tão grande. O repertório foi escolhido com todo cuidado e a ordem é fazer todo mundo sambar . O segredo de tanto sucesso para uma banda que lança seu segundo disco, contam Billy SP, Nassor Alvin Rapha Dy Souza, Junior e Renatinho, vem dos grandes pagodes de São Paulo.

Como umas das bandas que mais se apresentou para o publico paulista no ano passado, o Samprazer cativou um fã clube imenso no Brasil que fez suas canções os maiores sucessos de samba de 2007, O Samprazer encerrou esse mesmo ano com chave de ouro e, no dia 31 de dezembro COMEMOROU seu sucesso, indo ao ar no programa do SBT, Hebe Camargo.

Em 2008 explodiu emplacando com parte das musicas já do seu segundo CD, encerrando o ano no programa da TV Bandeirantes, Raul Gil. O segundo Cd intitulado Símbora meu povo ,já conta com o sucesso das canções: Chora, Díeta do Chá,Vira Casaca (A Sogra), e vale destacar que já estão na boca do povo, Isso é Caô, Fazendo as Pazes, Mal Acostumada, Não Beba Com Moderação, Até Quando e Te quero Pra Mim, que fatalmente serão executadas!!!

Acesse: http://www.samprazer.com.br

Daniela Ribeiro – Comunicação & Eventos
www.danielaribeiro.com.br
--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

Grande Rio homenageia mais uma atriz Global como destaque em sua quadra

Cristiane Machado & Jayder Soares - Crédito: Rogério Fidalgo / Ag. Staff Company Rio

A atriz Cristiane Machado será um dos destaques da Grande Rio, escola de samba que reúne maior número de famosos no Brasil. Com dez anos de carreira e duas novelas no currículo - Duas Caras, em 2007, e Negócio da China, em 2008, além de uma participação na novelinha Malhação, em outubro do ano passado -, Cristiane faz sucesso também em solo estrangeiro. Após atuar no longa argentino A República das Canetas Perdidas, pelo qual levou o prêmio de Melhor Atriz no Festival de Cinema de Hungria, em novembro de 2009.

Cristiane Machado foi homenageada e recebida pelo presidente de honra Jayder Soares, e por integrantes da escola como a atriz e também destaque Mônica Carvalho, e pelo produtor Vinícius Belo neste domingo 24, na quadra da escola, no Rio.
--
Bruno Borges / Staff Company Rio

--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

Luz para todos tira mais de 11 milhões de pessoas da escuridão

O Programa Luz para Todos, do Governo Federal, alcançou a marca de 2 milhões e 235 mil ligações realizadas em todo o país até dezembro de 2009. A energia elétrica chegou gratuitamente para famílias que moram na área rural e tiraram 11,1 milhões de brasileiros da escuridão.

A energia elétrica muda a vida das famílias. Além do conforto como a televisão e a geladeira, leva tranquilidade para pessoas que dependem de equipamentos elétricos para cuidar da saúde. É o caso de dona Aurelina da Conceição, 81 anos, moradora do município de Piranhas, em Alagoas. Ela, que sofre de asma, era obrigada a ir ao hospital, que fica a uma hora de casa, quase todos os dias para fazer nebulizações. Hoje Aurelina tem o aparelho e faz nebulização quando precisa em casa.

O Luz Para Todos vem provocando também uma movimentação positiva na economia, como é o caso das indústrias de materiais elétricos. Estima-se que as obras do Programa tenham criado 335 mil novos postos de trabalho diretos e indiretos e utilizado cerca de 5,6 milhões de postes, 1,08 milhão de km de cabos e 824 mil transformadores. São serviços nas obras, nas fábricas de materiais e em escritórios.

Em todos os cantos do Brasil encontramos famílias felizes e exemplos dos benefícios que a energia elétrica leva e as grandes mudanças que ela proporciona. O Luz para Todos também tem o objetivo de promover o desenvolvimento local do meio rural e geração de emprego e renda a partir do uso produtivo da energia elétrica.
O Programa, coordenado pelo Ministério de Minas e Energia, operacionalizado pela Eletrobrás, é desenvolvido em parceria com as concessionárias de energia elétrica, cooperativas de eletrificação rural e governos estaduais. Até o mês de dezembro, para a execução das obras, o Governo Federal assinou contratos que somam R$ 10,9 bilhões, dos quais liberou R$ 7,8 bilhões.

Dos recursos liberados pela União, 5,8 bilhões foram a fundo perdido. A utilização de recursos públicos subvencionados pelo Governo Federal visa diminuir o valor de possíveis aumentos para os consumidores.

As famílias atendidas não pagam nada pela instalação da energia elétrica e recebem gratuitamente três pontos de luz e duas tomadas em casa. O morador do meio rural que não possui energia elétrica em casa deve procurar o escritório ou representante da concessionária de energia elétrica ou a concessionária de eletrificação rural que atende a sua região e solicitar a instalação da luz. A prioridade das obras é definida pelo Comitê Gestor Estadual e o cronograma, pela concessionária de energia elétrica.

Assessoria de Comunicação do Luz para Todos - MME
--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

Pará organiza plano para enfrentar enchentes e seca

O Pará terá um Plano de Assistência a Desastres (PAD) com ações em diversas áreas do sistema de defesa civil, priorizando a prevenção e o enfrentamento de estiagens e alagamentos para o período de 2010 a 2013. O anúncio foi feito pela governadora Ana Júlia Carepa nesta quinta-feira, 21/1, durante o seminário "O sistema de Defesa Civil e as ações de prevenção e resposta aos desastres para o ano de 2010", em Belém.

O secretário de Estado de Integração Regional (Seir), André Farias, explicou que o PAD será elaborado pelo Grupo Integrado de Ações Coordenadas (Grac), a ser criado pela governadora por meio de decreto, e formado por órgãos de apoio à Coordenadoria Estadual de Defesa Civil. O principal objetivo é organizar o apoio técnico e operacional aos municípios atingidos.

Ana Júlia Carepa lembrou que, em 2009, foram liberados R$ 90 milhões para o auxílio aos municípios. Para este ano, mais de R$ 70 milhões, destinados a obras de prevenção de enchentes e alagamentos, foram cadastrados pelo Estado no sistema de convênios do governo federal.

No ano passado, o empenho da governadora Ana Júlia perante o governo federal foi preponderante no socorro aos municípios atingidos, especialmente na obtenção de recursos.  Ao todo, 85 municípios foram afetados pelo período de chuvas mais rigoroso da história do Pará. O Estado organizou uma frente de trabalho com a participação de 19 órgãos, sob a coordenação da Seir. Mais de 54 mil cestas básicas, 40 mil kits de ajuda humanitária, 20 mil redes e medicamentos foram entregues a 398.688 pessoas.

"A previsão meteorológica é de que o período chuvoso deste ano não seja tão rigoroso quanto o do ano passado, mas vamos estar preparados", assegurou André Farias. As regiões que mais preocupam o governo nesse período de chuvas fortes, segundo o secretário, são o Baixo Amazonas, o Sul e o Sudeste, que sofrem com o transbordamento de rios.

Assessoria de imprensa do Governo do Pará
Ex-Libris Comunicação Integrada

--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

Pará e CNJ firmam convênio para combater grilagem de terras

A governadora do Pará, Ana Júlia Carepa, o presidente do Instituto de Terras do Pará (Iterpa), Helder Benatti, e o presidente do Tribunal de Justiça do Estado (TJE), des. Rômulo Nunes, desembarcam em Brasília nesta terça-feira, 26, para assinar convênio com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) e com a Advocacia Geral da União (AGU), para implantar medidas relacionadas ao processo de regularização fundiária no Estado do Pará.  

Este acordo visa modernizar os cartórios de registro de imóveis no Estado do Pará, com a restauração dos documentos danificados, digitalização de todas as folhas dos livros, criação dos respectivos índices para consulta e instalação de sistemas de informática que garantam a padronização, a segurança e a confiabilidade nos procedimentos de registro de imóveis.

Com a assinatura deste acordo, o Pará passa a ser o primeiro estado do país a contar com este tipo de sistema, fundamental para combater a grilagem de terra e os conflitos no campo, pois tornará mais fácil a consulta documental sobre quem é dono das propriedades sob litígio.
 
Assessoria de imprensa do Governo do Pará
Ex-Libris Comunicação Integrada
--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

Mais de 1,7 mil pessoas foram atendidas pelos Núcleos de Advocacia Voluntária

Os Núcleos de Advocacia Voluntária (NAVs) instalados nos estados do Maranhão, Tocantins, Amazonas e Piauí foram responsáveis pelo atendimento de 1.771 pessoas em 2009. Os Núcleos foram criados pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em parceria com os tribunais estaduais e instituições de ensino, para prestar atendimento judicial gratuito a pessoas que não têm condições de pagar advogados. No Maranhão, o Núcleo foi instalado em fevereiro do ano passado na Penitenciária de Pedrinhas, em São Luís (MA). Desde então, atendeu 1.039 pessoas.

Segundo a coordenadora do NAV no Maranhão, a advogada Marilene Aranha Carneiro Silveira, o Núcleo esclarece dúvidas dos presos e orienta aos detentos e seus familiares sobre ações judiciais. "Fazemos assistência e orientação de quaisquer matérias e ações dos presos e sua família", explica. A advogada informa que o Núcleo atende, em média, cerca de 20 pessoas por dia.

Em Tocantins, o Núcleo de Advocacia Voluntária funciona na cidade de Araguaína, na Rua 07 de Setembro, 494, Centro, e também na Casa de Prisão Provisória. É coordenado pelo Instituto Tocantinense Presidente Antônio Carlos. O convênio com o CNJ foi firmado em 19 de junho de 2009. Desde a criação do NAV de Araguaína, em março de 2009, já foram registrados mais de 500 atendimentos, sendo 90 deles na área criminal, com 70 pedidos judiciais realizados e a marcação de um tribunal do júri que resultou na liberdade do acusado. Segundo a coordenadora do Núcleo, a advogada Maria José Rodrigues, em média, são atendidas oito pessoas por dia.

No Piauí, o Núcleo foi instalado no Centro Nacional de Cultura da Justiça (Cenajus) de Teresina e promove, além de atendimentos na área criminal, assistência na área previdenciária, informando à população carente sobre seus direitos. Segundo o coordenador do Núcleo, o advogado Alexandre Veloso, o NAV de Teresina atua em parceria com o Núcleo de Atendimento ao Preso Provisório e realiza ações de planejamento relacionadas aos presídios do estado. De acordo com Veloso, o núcleo atende uma média de cinco detentos por dia e promoveu cerca de 200 atendimentos na área previdenciária desde que foi instalado.

Além desses estados, há também Núcleos de Advocacia Voluntária instalados na Paraíba e no Amazonas. Na Paraíba, os atendimentos ainda não foram iniciados. Já no Amazonas, o Núcleo atendeu, desde julho de 2009, um total de 32 pessoas. O Núcleo funciona no Complexo Penitenciário Anísio Jobim em Manaus e, de acordo com o professor Erivaldo Cavalcanti, a equipe de atendimento aos detentos será ampliada a partir do próximo mês.

O CNJ também já firmou parcerias para o funcionamento dos Núcleos de Advocacia Voluntária nos estados de Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Santa Catarina. A intenção do Conselho é expandir esse tipo de atendimento a todos os estados do país para facilitar o acesso da população à Justiça. 

EN/MB
Agência CNJ de Notícias
--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

Inscrições para processo seletivo da Petrobras terminam na próxima sexta-feira

Inscrições para processo seletivo da Petrobras terminam na próxima sexta-feira 
  
 As inscrições para o processo seletivo da Petrobras vão até a próxima sexta-feira (29/1). Para se inscrever, o candidato deve acessar o site da Cesgranrio (
www.cesgranrio.org.br). Para nível médio, a taxa de inscrição é de R$ 27,00 e, para nível superior, R$ 40,00.

O concurso é destinado ao preenchimento de 787 vagas (442 de nível médio e 345 de nível superior). Inicialmente, no edital de abertura do concurso, o número de vagas divulgado era de 622. A empresa, no entanto, lançou dois editais de retificação aumentando as vagas para determinados cargos. Os editais estão disponíveis no site da Petrobras (
www.petrobras.com.br) e também no da Fundação Cesgranrio (www.cesgranrio.org.br).

Podem concorrer candidatos de nível técnico/médio aos cargos de inspetor de segurança interna júnior, técnico de administração e controle júnior, técnico de contabilidade júnior, técnico de estabilidade júnior, técnico de exploração de petróleo júnior (eletrônica, geodésia e geologia), técnico de informática júnior, técnico de inspeção de equipamentos e instalações júnior, técnico de logística de transporte júnior (controle e operação), técnico de manutenção júnior (elétrica, eletrônica, instrumentação e mecânica), técnico de operação júnior, técnico de projetos, construção e montagem júnior (edificações, el&eac ute;trica, eletrônica, estruturas navais, instrumentação, máquinas navais e mecânica), técnico de segurança júnior, técnico de suprimento de bens e serviços júnior (administração, elétrica e mecânica), técnico de telecomunicações júnior e técnico químico de petróleo júnior.

Os candidatos de nível superior podem concorrer aos cargos de advogado júnior, analista ambiental júnior (biologia e oceanografia), analista de sistemas júnior (engenharia de software, infraestrutura e processos de negócio), auditor júnior, bibliotecário júnior, contador júnior, dentista júnior, enfermeiro do trabalho júnior, engenheiro civil júnior, engenheiro de equipamentos júnior (elétrica, eletrônica, inspeção, terminais e dutos), engenheiro de meio ambiente júnior, engenheiro de produção júnior, engenheiro de segurança júnior, engenheiro de telecomunicações júnior, engenheiro naval júnior, estatístico júnior, geólogo júnior, médico do trabalho júnior, nutricionista júnior, psicólogo júnior e químico de petr&oacute ;leo júnior.
As provas serão realizadas em 21 cidades do país. As datas das provas e das demais etapas do concurso podem ser consultadas no edital.

A remuneração mínima inicial varia de R$ 1.647,19 a R$ 5.685,07. Entre os benefícios, a Petrobras oferece previdência complementar (opcional), plano de saúde (médico, hospitalar, odontológico, psicológico e benefício farmácia) e benefícios educacionais para dependentes, entre outros.

Os processos seletivos da Petrobras seguem a política de ingresso sistemático de novos empregados. Até 2013, a empresa deve admitir cerca de 8 mil pessoas, com objetivo de atender às demandas do Plano de Negócios 2009-2013, que prevê investimentos de US$ 174,4 bilhões nesse período.  
   
Petrobras
Gerência de Imprensa/Comunicação Institucional
 
--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

Basic vai ampliar cooperação técnica e financeira com países pobres

Países pobres receberão ajuda técnica e financeira do Basic (grupo formado por Brasil, África do Sul, Índia e China) para ações de adaptação e mitigação às mudanças climáticas. Segundo o ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, que participou da reunião do grupo, neste domingo (24/01), em Nova Délhi (Índia), o Basic fechou o acordo de cooperação para ampliar a transferência de tecnologia e para criar o fundo de apoio à adaptação de países em desenvolvimento.

"O Basic era um espaço de negociação política e diplomática. Agora, a gente vai lançar a linha da cooperação, sobretudo, entre o Basic e os países em desenvolvimento?, ressaltou Minc.

O grupo também vai apoiar parcerias de assistência técnica para o uso adequado das novas tecnologias para adaptação e mitigação. Os países do Basic têm ajudado várias nações mais pobres.

O Brasil, por exemplo, ajuda países africanos e da América Latina a fazer o monitoramento de suas florestas, com os satélites do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Tal iniciativa permite que esses países possam ter acesso a recurso do Redd. (Redução de Emissões por Desmatamento e Degradação). Em março, o Brasil realizará oficinas de capacitação, na Indonésia, sobre mecanismos que permitirão aos países pobres receberem recursos do Redd. Dentre as ações estão o monitoramento e o manejo florestal sustentável.

O grupo também apoiou a proposta do Brasil de criação de um fundo do Basic de ajuda às nações pobres em ações de adaptação às mudanças climáticas. Segundo Minc, Os valores do fundo serão fechados pelos presidentes e primeiros ministros dos países do Basic.

Apesar do fracasso da COP15, o Basic saiu fortalecido com o protagonismo no debate climático. O grupo elaborou uma carta, endereçada à secretaria da conferência, para a realizar, este ano, cinco rodadas de discussões internacionais para chegar à COP16, em dezembro, no México, com os pontos do novo acordo do clima acertados.

O Basic já fechou três reuniões do grupo para este ano. A próxima reunião está marcada para a última semana de abril, na África do Sul. O grupo vai também vai se reunir com os outros países do G77 para passar os pontos acertados. Minc lembrou que os quatro países do Basic fazem parte do G-77 -bloco dos países em desenvolvimento - e afirmou que trabalharão para fortalecer o grupo.

Segundo Minc, a tendência é o Basic se fortalecer e recompor os laços com o grupo dos 77. "O Basic funciona como um motor de arranque. Ele sozinho não faz o carro pra andar. Então, a idéia é fortalecer o G77", explicou Minc, sobre a importância do G77 para a criação de um novo acordo climático global.

O ministro Carlos Minc disse que o Basic irá se reunir com representantes dos Estados Undos, União Européia e outros grupos mundiais para afinar os detalhes sobre acordos climáticos. O grupo também se reunirá com os representantes do México, que sediará a COP 16, para que não aconteça a mesma falta de coordenação que aconteceu na COP15. Para ele, a Dinamarca teve uma direção frouxa, o que deixou vários países, principalmente os que sofreram com os efeitos da alteração do clima, sem serem ouvidos.

Metas
Os países do Basic também se comprometeram a assinar, até o dia 31 de janeiro, as metas de redução voluntárias de emissão de gases de efeito estufa apresentadas em Copenhague. A assinatura do chamado Acordo de Copenhague acontecerá no mesmo dia, nos quatro países. A meta brasileira é de reduzir a emissão entre 36% e 39%, até 2020.

O Basic cobrou das nações ricas os US$ 10 bilhões acordados para ações de adaptação e mitigação do países em desenvolvimento. Esse valor faz parte do compromissos das nações mais ricas de direcionar US$ 30 bilhões, até 2012, para adaptação e mitigação às mudanças climáticas nos países pobres.
 
Ascom MMA

--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

CFM prepara protocolo para atendimento inicial de queimados

O Conselho Federal de Medicina (CFM) deve produzir nos próximos meses um protocolo para melhorar a assistência às vítimas de queimaduras no país. O documento para uniformizar os primeiros passos no socorro aos pacientes será elaborado em parceria com as Sociedades Brasileira de Cirurgia Plástica e de Queimaduras. Entre pontos a serem abordados estão os cuidados com a limpeza dos ferimentos, as formas de aliviar a dor e os melhores tratamentos. Nesta quinta-feira (21), o grupo se reuniu em Brasília para fechar um cronograma de trabalho. 

"Nossa preocupação é dar instrumentos para os médicos que atuam em áreas distantes, fora dos grandes centros", explicou o conselheiro Antonio Gonçalves Pinheiro, coordenador da Câmara Técnica do CFM que discute o assunto. Com o protocolo proposta pela Câmara Técnica e aprovado pelo CFM, a expectativa é de que os resultados apareçam nos indicadores de mortalidade e de morbidade. Com um melhor acolhimento, com a padronização da assistência, será possível reduzir as seqüelas e até evitar óbitos de pacientes. 

Dados da Agência Nacional de Vigilância em Saúde (ANVISA) indicam que, em 2008, foram gastos R$ 39 milhões com o atendimento de pacientes vítimas de queimaduras. Em média, este tipo de agravo atinge cerca de 150 mil pessoas, sendo que 30% deste total são crianças. Outro grupo que sofre com o problema são os moradores de regiões carentes, onde há uso de combustível líquido sem controle. 

Por conta disso, especificamente pela facilidade do acesso ao álcool líquido nos armazéns e supermercados da periferia, a Câmara Técnica decidiu também acompanhar de perto a tramitação do projeto de lei 692/2007 no Congresso Nacional e que trata da venda deste produto para uso doméstico. Para os integrantes da Comissão, o álcool líquido deveria ser vendido apenas para hospitais e postos de combustível. Em casas e escolas deveria ser adotado o uso exclusivo do álcool em gel. 

A Câmara Técnica de Queimaduras conta também com a participação de Nélson Sarto Piccolo, Alfredo Gragnani Filho, Zenaide Alves e José Renato Harb, especialistas no assunto. O próximo encontro do grupo será em São Paulo (SP), em fevereiro, quando será elaborada uma apresentação a ser feita na Jornada Centro-Oeste de Cirurgia Plástica, na qual serão apresentadas suas metas.  

Assessoria de Comunicação do Conselho Federal de Medicina
www.portalmedico.org.br

--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

ACT participa do Fórum Social Mundial

Organização fará palestra, distribuição de material e manifestações

A Aliança de Controle do Tabagismo – ACT estará no Fórum Social Mundial, de 25 a 29 de janeiro, em Porto Alegre e Novo Hamburgo.

 

A diretora-executiva da ACT, Paula Johns, fará uma palestra  no painel Tabaco e Desenvolvimento Sustentável: Uma combinação possível?, que acontecerá no dia 26, às 14h, em Novo Hamburgo,  Mercedes Sosa Oficinas - Espaço A.  Ela vai falar sobre os ambientes livres de fumo, os benefícios sociais e econômicos desta medida para toda a população e as estratégias da indústria do tabaco e sua presença no evento.

 

"A Souza Cruz financiando o 6º fórum para juízes no FSM parece até piada, mas não é ", diz Paula Johns, que acrescenta: "Ultimamente, a indústria do tabaco tem patrocinado vários eventos para membros do Poder Judiciário, o que fere o artigo 5.3 da Convenção Quadro para o Controle do Tabaco, que prevê a não interferência da indústria nos órgãos governamentais".

 

Também estarão neste painel a chefe da divisão de controle do tabagismo do Instituto Nacional do Câncer, Tânia Cavalcante; a representante do Ministério do Desenvolvimento Agrário, Adriana Gregolim; e a promotora do Ministério Público do Trabalho do Paraná, Margareth Matos.

 

A equipe da ACT terá como base o estande da Secretaria de Saúde do estado do Rio Grande do Sul, também em Novo Hamburgo. De lá, mobilizará os participantes do Fórum Social a apoiar o Projeto de Lei 315, que está em tramitação no Senado Federal. Este projeto modifica a lei federal 9294/96,  proibindo o fumo em ambientes fechados em todo o território nacional, e elimina os fumódromos em locais fechados. Leia mais sobre o tema em http://www.actbr.org.br/uploads/conteudo/339_RELEASE_SENADO_VOTA_LEI_9294.pdf

 

A EPIDEMIA DO TABACO ESTÁ NO MAU COMPORTAMENTO DA INDÚSTRIA

 

Desde os anos 90, a indústria do tabaco quer fazer a opinião pública acreditar que não há nenhum problema em bancar a boa cidadã corporativa e ao mesmo tempo promover um produto que provoca adoecimento, morte e uma série de impactos sociais, ambientais e econômicos.

 

A verdadeira intenção desta campanha de relações públicas é isentar o papel da indústria na criação e manutenção da epidemia do tabagismo, aparentar ser inovadora e responsável e tentar reverter sua imagem bastante arranhada.

 

As mentiras da indústria do tabaco  foram confirmadas em juízo em 2006, quando foi proclamada a sentença da ação que o governo dos Estados Unidos moveu contra a Philip Morris e outras representantes da indústria do tabaco (United States v. Philip Morris). Dentre as várias questões abordadas na decisão, tais como supressão de informação, publicidade para os jovens e dependência, a sentença reconheceu, através de provas contundentes, as práticas da indústria com o objetivo de enganar a opinião pública sobre os malefícios do fumo passivo.

 

Apesar de ter se comprometido a apoiar investigações com relação ao fumo passivo, a estratégia da indústria, segundo a sentença, incluía enfraquecer o desenvolvimento de pesquisas independentes,  financiar pesquisas favoráveis à sua posição e reduzir a importância de resultados que lhe fossem desfavoráveis.  Ainda hoje a indústria mantém as estratégias para negar a extensão dos riscos do fumo passivo. Leia mais sobre esse tema em http://www.actbr.org.br/uploads/conteudo/10_As-Mentiras-Expostas-da-Industria-do-Tabaco.pdf

 

Desde 2000, a propaganda de produtos de tabaco é proibida nos meios de comunicação de massa, sendo restrita aos pontos de venda. Com isso, houve uma explosão no número de pontos de vendas e novas estratégias para atingir o público-alvo, os jovens, foram criadas, como por exemplo  eventos e festas privadas.  As embalagens dos produtos, por sua vez, estão cada vez mais sedutoras, com edições limitadas e brindes como bases de IPod, mochilas, CDs e isqueiros.

 
Acontece Comunicação


--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

Termina na sexta-feira prazo final para envio dos dados sobre Meta 2

Termina nesta sexta-feira (29/1) o prazo final para que os tribunais de todo o país apresentem ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) o relatório final de cumprimento da Meta 2 estabelecida pelo Poder Judiciário, em fevereiro do ano passado, durante o Encontro Nacional com magistrados brasileiros. A meta prevê o julgamento de todos os processos distribuídos antes de 31 de dezembro de 2005.

Na mesma data (29/1), os tribunais também deverão apresentar ao CNJ os processos que ficaram pendentes e a justificativa para o não julgamento. Os números finais sobre o cumprimento da Meta 2 serão apresentados no dia 26 de fevereiro, durante o III Encontro Nacional do Judiciário, que será realizado em São Paulo.

Os tribunais da esfera trabalhista da Justiça estão entre os que apresentaram os melhores desempenhos no cumprimento da chamada Meta 2. Dos 24 Tribunais Regionais do Trabalho (TRT´s), 12 zeraram o estoque de processos anteriores a dezembro de 2005 que estavam pendentes de julgamento, até o final de novembro último. O Tribunal Superior do Trabalho (TST) julgou 83% dos processos antigos. Os dados constam no Processômetro, ferramenta disponível no portal do CNJ (www.cnj.jus.br), que registra os julgamentos realizados até o final de novembro.

Além de reduzir efetivamente o grande número de processos antigos que estavam pendentes de julgamento, a Meta 2, de acordo com o secretário-geral do CNJ, Rubens Curado, proporcionou "um grande aprendizado institucional" para o Judiciário brasileiro. Um dos principais aprendizados, destacou ele, foi a identificação dos gargalos que muitas vezes atrapalham a tramitação das ações e impedem soluções rápidas da Justiça. "Assim será possível buscar alternativas para que o Judiciário resolva os gargalos e evite que eles se repitam", afirmou Curado.

EF/MB
Agência CNJ de Notícias

--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

Nota do Greenpeace sobre encontro de Brasil, China, Índia e África do Sul sobre clima

Encontro dos países do Basic em Nova Déli:
pontos positivos e algumas dúvidas sobre o futuro

São Paulo, 24 de janeiro de 2010 – A declaração final do encontro de hoje em Nova Déli dos países que formam o Basic – Brasil, China, África do Sul e Índia – traz alguns pontos positivos, mas deixa no ar dúvidas sobre seu grau de comprometimento em buscar soluções ambiciosas para a crise climática que ameaça o futuro da humanidade.

A posição dos ministros do Basic de continuar a negociar um acordo global dentro do quadro da Convenção do Clima da ONU é bem-vinda. Entretanto, vale notar que a declaração não menciona que esse acordo deve ser legalmente obrigatório.

Do mesmo modo, é boa a intenção do grupo, explicitada durante a coletiva que aconteceu após o encontro, de apoiar a participação direta dos países mais pobres e mais vulneráveis ao aquecimento global nas negociações sobre o clima e de transferir para eles tecnologia para mitigar os efeitos das mudanças climáticas.

Mas é preciso lembrar que, por enquanto, essa vontade se restringe a uma declaração de princípios. Portanto, é fundamental que no próximo encontro dos países do Basic na África do Sul, marcado para abril, o declaratório oficial se transforme em propostas concretas de ajuda aos países mais vulneráveis.

O encontro de Déli consolida o Basic como um grupo relevante nas negociações sobre o clima e, nesse sentido, o Greenpeace reitera aos seus governos que, junto com esse renovado poder na arena diplomática, vem maiores responsabilidades. Por essa razão, o Greenpeace espera que os países do Basic comecem a demonstrar maior capacidade de liderança, dirigindo as negociações pelo clima por um caminho mais ambicioso e com o objetivo de alcançar um acordo legalmente vinculante.

"O presidente Lula, na última Conferência do Clima, comprometeu o Brasil a fazer mais para controlar o aquecimento global. essa é a hora de ele mostrar realmente liderança e convencer seus parceiros no Basic a ajudar os países mais pobres a se adaptarem às mudanças climáticas", afirma Sergio Leitão, diretor de Campanhas do Greenpeace.

Os países do Basic devem ainda aumentar a pressão sobre os países industrializados para reduzirem suas emissões e, ao mesmo tempo, serem mais ousados em suas próprias metas de redução para evitar a catástrofe da mudança climática.

Greenpeace / Comunicação

--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

sábado, 23 de janeiro de 2010

Ministério da Saúde envia 150 toneladas de doações para o Haiti

Os primeiros profissionais voluntários serão embarcados em um porta-aviões italiano que dará atendimento à população atingida por terremoto

O Ministério da Saúde encaminhou, nesta sexta-feira (22/01), para a Base Aérea do Rio de Janeiro cerca de 150 toneladas de medicamentos e insumos para as vitimas do terremoto no Haiti. Na próxima semana, os primeiros profissionais de saúde voluntários serão embarcados e um porta-aviões italiano que chegará à Fortaleza e seguirá para o Caribe, onde dará atendimento à população haitiana. 

As medidas fazem parte da demanda feita pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República, que coordena a ajuda brasileira no Haiti. Para esta ação, está sendo utilizado o cadastro de doações e voluntários estruturado pelo Ministério da Saúde.
 
O porta-aviões funcionará como hospital no Haiti e ficará sob as orientações da missão brasileira no país. Para compor a equipe, serão enviados os primeiros profissionais de saúde voluntários civis brasileiros, uma equipe composta por cirurgiões, enfermeiras e anestesistas, entre outras especialidades. Eles ficarão cerca de 30 dias a bordo, quando haverá troca de equipe. Dois dias antes do embarque, previsto para o dia 29, devem passar por um breve curso de instrução. A expectativa é que o porta-aviões permaneça no Haiti por cerca de 9 meses. A primeira turma deve ser sair dos hospitais federais do Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.
 
Já os medicamentos, anti-inflamatórios, antibióticos, analgésicos, entre outros medicamentos foram doados pela Farmaguinhos/Fiocruz (40 toneladas) e pela arrecadação de doações feito pela Secretaria de Estado de Saúde de Goiás, que entrou em contato com diversos laboratórios do Estado (aproximadamente 110 toneladas). Os produtos devem seguir para o Haiti neste final de semana.
 
O Ministério da Saúde ainda possui em seu cadastro doações como cadeiras de roda, frascos de higienizador de mãos, serviços de transporte para o translado de produtos, insumos como sangue e profissionais de saúde para atuar no Haiti.  Mais de 4 mil profissionais de saúde do SUS, de instituições privadas e autônomos colocaram-se a disposição da assistência humanitária. 
 
Entre as organizações públicas e privadas que disponibilizaram profissionais de saúde e doaram medicamentos, equipamentos e insumos estão a rede de Hospitais de São Paulo (Hospital do Coração, Hospital Sírio Libanês, Hospital Samaritano, Hospital Oswaldo Cruz, Hospital Albert Einstein), Secretarias Municipais e Estaduais de Saúde, Grupo Hospitalar Conceição do Rio Grande do Sul e Hospitais Federais do Rio de Janeiro.
 
Neste momento, dois profissionais do Ministério da Saúde estão em atividade no Haiti. Eles farão uma análise da situação da saúde do país. Os interessados em contribuir deverão preencher os cadastros nos seguintes endereços: para medicamentos e insumos (http://formsus.datasus.gov.br/site/formulario.php?id_aplicacao=3646) e para profissional de saúde (http://formsus.datasus.gov.br/site/formulario.php?id_aplicacao=3647).

Agência Saúde

--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura