segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Saco é um Saco nas rádios neste Natal

Xuxa, Maitê e Júnior do AfroReggae divulgam campanha Saco é um Saco nas rádios

Melissa Silva

Com a parceria da eterna rainha dos baixinhos, Xuxa Meneghel, a campanha Saco é um Saco do Ministério do Meio Ambiente chega às rádios do Brasil para incentivar baixinhos e altinhos a recusarem as sacolas plásticas neste Natal.

Sempre engajada nas questões ambientais, Xuxa emprestou sua voz à campanha e gravou três mensagens, estimulando os consumidores a levarem sacolas retornáveis durante as compras de Natal. "Vamos mudar essa história", diz a rainha lembrando que o consumo de sacolas plásticas aumenta nesta época do ano. "Diga não às sacolas plásticas e dê um presente para o Planeta. Recuse, Reduza, Reutilize", incentiva Xuxa.

A atriz Maitê Proença também deu sua contribuição e gravou mensagem semelhante: "Saco plástico já era. Legal é andar com uma sacola retornável" diz a artista, afirmando que não utiliza mais as sacolas plásticas porque está preocupada com a herança que irá deixar para o nosso planeta.

José Júnior, fundador do grupo AfroReggae e protagonista do principal vídeo de divulgação do Saco é um Saco, não ficou de fora e também deu seu recado lembrando como as sacolas plásticas demoram para se decompor e ficam por aí entupindo bueiros e causando enchentes.

Os artistas fizeram a gravação gratuitamente, doando gentilmente o direito de uso à campanha. Rádios de todos os estados estão sendo mobilizadas para veiculação dos spots e, até agora, já aderiram as rádios Eldorado (SP), CBN (Nacional), Antena 1 (BH), Rio Mar (Manaus), entre outras.

O Ministro Minc falou sobre a nova fase da campanha: "Estamos muito felizes com a adesão dos artistas à campanha e esperamos que outros se juntem a nós nesta caminhada para reciclar as ideias - que é o mais difícil".

Rádios Comunitárias - Em outubro, com o objetivo de popularizar a campanha ainda mais, o MMA, com apoio da Rádio Câmara, lançou sete spots de rádio de 30 segundos cada um e distribuiu para mais de 1600 rádios comunitárias do País.

Além da veiculação gratuita em espaço de utilidade pública, as rádios engajadas puderam assinar a campanha juntamente com MMA e veicular os spots em outros horários de sua grade de programação.

Com enfoques diferentes, como a reutilização para acondicionamento do lixo e o incentivo ao uso de sacolas retornáveis, os spots levam o consumidor a refletir sobre seus hábitos de consumo, estimulando-os a recusar as sacolas plásticas sempre que possível, reduzindo o seu uso e as reutilizando ao máximo. Afinal, como reforça o slogan da campanha, "Saco é um Saco. Pra cidade, pro Planeta, pro futuro e pra você".

Para escutar os spots e baixar os arquivos, acesse a sessão de downloads do site da campanha: www.sacoeumsaco.com.br/.

Números alarmantes - As sacolas plásticas são prejudiciais ao meio ambiente, sendo que, por ano, mais de 500 bilhões delas são consumidas e descartadas no mundo, entupindo bueiros, agravando enchentes, poluindo mares e matando animais.

No Brasil, estima-se que 1,5 milhão de sacolas plásticas sejam consumidas a cada hora. Com uma conta rápida, chegamos aos 36 milhões em 24 horas. Imagine quantos recursos naturais poderiam ser poupados em apenas um único dia de consumo consciente!

Neste Natal, deixe o saco para o Papai Noel! Diga não às sacolas plásticas!

Ascom MMA

--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura