sábado, 21 de novembro de 2009

Palestra na APM aborda processos de laboratórios clínicos


 

Os conceitos do "6 Sigma", teoria utilizada por empresas e organizações para chegar a uma produção quase perfeita, serão abordados no próximo encontro do Departamento de Patologia Clínica da Associação Paulista de Medicina (APM), em 26 de novembro. O objetivo é mostrar a possibilidade de aplicação desse método em laboratórios clínicos.

 

A palestra Lean - 6 sigma na Medicina Laboratorial será ministrada pela dra. Maria Elizabete Mendes, coordenadora do Núcleo de Qualidade e Sustentabilidade da Divisão de Laboratório Central do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, onde foi implantado o sistema 6 Sigma, com apoio de professores da Faculdade de Engenharia de Produção da Escola Politécnica da USP.

 

"Em termos práticos, as organizações que desenvolvem o sistema "6 Sigma" em sua estrutura têm como meta atingir 3,4 defeitos por cada milhão de oportunidades", afirma a dra. Ellizabete.

 

Segundo ela, o trabalho resultou em 12 projetos bem sucedidos, aplicados a diversas áreas da Medicina Laboratorial e à formação de 28 green belts. "É uma metodologia inovadora, centrada na eliminação de defeitos nos processos empresariais e que visa a um serviço ou produto próximos da perfeição a partir de uma gestão sistêmica dos desvios", explica.

 

Além de falar sobre a variabilidade nos processos da Medicina Laboratorial e nas ferramentas utilizadas no 6 sigma, a especialista levará os princípios do método Lean production e sua combinação com o 6 sigma na rotina da medicina laboratorial. Para complementar a aula, ela também apresentará casos práticos.

 

Serviço

Horário: 20h às 22h

Local: APM

Endereço: Av. Brigadeiro Luís Antonio, 278 - Bela Vista - São Paulo/SP

Informações: 3188-4200

 

Acontece Comunicação e Notícias
www.acontecenoticias.com.br

 

--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura