quinta-feira, 21 de maio de 2009

Tendência Tecnológica_Cloud Computing é o destaque de 2009

De comprador de computador a usuário de tecnologia, cloud computing é o destaque de 2009

 

Quem nunca teve problemas com seu computador pessoal, justamente quando precisava copiar arquivos importantes, como uma apresentação escolar ou um documento para o chefe?

 

Problemas como a falta de um software apropriado, a ausência de um meio físico para armazenar o documento como um pen-drive, certamente são comuns para quem usa a tecnologia no dia-a-dia.  

 

Mas, em breve, situações como essas prometem fazer parte do passado. A Cloud Computing ou Computação nas Nuvens, permitirá que os dados estejam facilmente alocados em um ambiente seguro, altamente disponível, com as aplicações que desejamos.

 

Segundo a Gartner, uma das maiores empresas de consultoria e pesquisa de tendências de tecnologia dos Estados Unidos, a vedete desse ano é o Cloud Computing, que traz a ideia de uso de ambientes para a hospedagem, tanto de sistemas quanto de dados para propósito geral. Esse espaço eletrônico consiste em servidores conectados à internet, que podem ser acessados pelos usuários, por meio de qualquer dispositivo com navegador e banda larga.

 

O conceito foi formado em 2008, porém está conquistando força e mais adeptos em 2009, quando os CEOS e outros profissionais de TI passaram a ver as vantagens na utilização do serviço. E a tendência promete dominar o mercado nos próximos anos. "A qualidade de acesso à Internet é importante para a popularização desse serviço, que poderá ser mais viável com a expansão das redes de tecnologia 3G, provedora de maior velocidade de tráfego de dados a menores custos, com a vantagem de possibilitar a mobilidade", explica o analista de sistemas da Invit Information Services, Leonardo Abrahão Piedade.

 

Em vista disso, o que se percebe hoje é o desenvolvimento da tecnologia da informação como serviço, com uma significativa redução de tempo nas operações realizadas e diminuição de custo. Já que, com ela, os serviços suportados pela infraestrutura interna das empresas serão de responsabilidade da administradora da nuvem, provavelmente, reduzindo os problemas dessa área. Em virtude disso, os clientes pagarão uma taxa, baseada na utilização dos servidores da nuvem, que serão medidos por itens como: uso de processador, quantidade de dados trafegados, page views, transações na base de dados, etc. 

 

O analista conta que as grandes empresas na área de informática, como Google, Microsoft, Amazon, Apple e IBM buscam formas de explorar esse novo mercado. "Alguns bilhões de dólares já foram investidos nessa corrida para a criação de novos sistemas que garantam vantagens competitivas, pois esse segmento tem potencial suficiente para redefinir a liderança mundial entre as empresas de tecnologia".

 


Lead Comunicação – Assessoria de Imprensa Invit Information Services

www.leadcomunicacao.com.br

Skype: lead.comunicacao




--
http://www.farolcomunitario.com.br