quarta-feira, 20 de maio de 2009

MDA e Ministério das Comunicações firmam parceria para levar conexão em banda larga ao meio rural

O projeto Territórios Digitais acaba de ganhar um reforço importante por meio de um acordo de cooperação firmado entre o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e o Ministério das Comunicações (MC). A parceria prevê a instalação, até 2011, de computadores com conexão em banda larga nos 120 Territórios da Cidadania.


É a primeira vez que o MC firma um acordo dessa magnitude com outro ministério. O  objetivo é contemplar integralmente o meio rural com tecnologias da informação e comunicação. O MC ficará responsável por garantir computadores e conexão para as localidades, nesse caso os 120 Territórios da Cidadania. O MDA, por sua vez, vai coordenar a capacitação de instrutores e da comunidade no processo de inclusão tecnológica e desenvolvimento social.

Segundo a consultora de Inclusão Digital do Núcleo de Estudos Agrários e Desenvolvimento Rural (NEAD/ MDA), Rossana Moura, a ação conjunta vai permitir a implantação das Casas Digitais de maneira muito mais ágil, fortalecendo o desenvolvimento dos territórios. "Essa cooperação é essencial para o funcionamento das Casas Digitais, e também é o primeiro instrumento de negociação junto aos estados para que possamos conseguir novos parceiros para concretizar a etapa seguinte, que é a da capacitação", explica.

"A Casa Digital é um espaço público de exercício da cidadania. O acordo é mais um passo na consolidação das políticas públicas que visam à redução das desigualdades sociais através de mecanismos de inclusão tecnológica, desta vez, com um olhar lançado para o meio rural", afirma o gerente de projetos da Secretaria de Telecomunicações do MC, Jovino Francisco Filho.

Para Heliomar Medeiros de Lima, coordenador do Governo Eletrônico – Serviço de Atendimento ao Cidadão (Gesac), órgão vinculado ao MC, o diferencial das ações do projeto Territórios Digitais é o envolvimento de diversos ministérios em prol de iniciativas que buscam o desenvolvimento social nas comunidades. "Com as ferramentas e recursos recebidos, as comunidades participantes podem transformar a própria realidade, divulgando sua cultura, produção, artesanato e outros tipos de conteúdo gerados", destaca.

Assessoria de Comunicação Social MDA/Incra 




--
http://www.farolcomunitario.com.br