quarta-feira, 22 de abril de 2009

MTV Brasil apoia campanha de mobilização da Carta da Terra

A CARTA DA TERRA

 A Carta da Terra lança sua primeira campanha de mobilização no Brasil

em 22 de Abril, Dia Mundial da Terra, com apoio da MTV Brasil e de TVs por assinatura.

A Carta da Terra, extensão brasileira do movimento "The Earth Charter", lança no dia 22 de Abril de 2009 a sua primeira campanha de comunicação no Brasil em suporte ao Dia Mundial da Terra.

A campanha está ancorada em um filme de 60 segundos que será veiculado pelas principais emissoras de televisão por assinatura do país e na TV aberta através da MTV. O objetivo da campanha é motivar as pessoas a conhecer a declaração de princípios éticos - A Carta da Terra, compreender os seus conceitos e aplica-los como uma orientação para as suas atividades diárias.

O comercial é uma animação produzida a partir de desenhos feitos por crianças da Casa do Zezinho, entidade social que visa promover a cultura e educação entre crianças carentes da comunidade do capão redondo, na cidade de São Paulo. A campanha aborda o momento atual da crise financeira como uma importante oportunidade de re-avaliação e de um maior compromisso ético que primem pelo bem comum e pela responsabilidade universal. Segundo a Diretora Executiva do The Earth Charter International, a brasileira Mirian Vilela, precisamos assegurar a generosidade e a beleza da Terra para as atuais e futuras gerações. "Os princípios éticos da declaração Carta da Terra são fundamentais para nortear os diferentes níveis da sociedade para águas mais calmas do respeito, integridade ecológica, justiça social e econômica, democracia, não - violência e paz" afirma Vilela.

O Brasil sempre esteve presente neste movimento, desde seu nascimento, durante a elaboração do texto e suas revisões e atualmente conta com representantes no Conselho da Carta da Terra.

Sobre A Carta da Terra

A Carta da Terra é uma declaração de princípios éticos fundamentais para a construção de uma sociedade global justa, sustentável e pacífica. Ela é estruturada em quatro grandes tópicos: 1. Respeito e cuidado pela comunidade da vida 2. Integridade Ecológica 3. Justiça Social e Econômica 4. Democracia, não-violencia e paz. A Carta busca inspirar as pessoas e diferentes setores da sociedade para um novo sentido de interdependência global e responsabilidade compartilhada voltado para o bem-estar de toda a família humana, da grande comunidade da vida e das futuras gerações. É uma visão de esperança, mas também um chamado à ação.

Sobre a sua historia, em 1987 a Comissão das Nações Unidas para o Meio Ambiente e Desenvolvimento, através do documento "Nosso Futuro Comum", recomendou a redação de uma nova carta sobre o desenvolvimento sustentável com o objetivo de ajudar a construir no século 21 uma sociedade global justa, sustentável e pacífica. Em 1992, em um evento paralelo da Cúpula da Terra - Eco-92 - realizada no Rio de Janeiro, foi elaborada a primeira versão da Carta. Apos oito anos, em um processo participativo envolvendo todos os continentes e contando com a contribuição de milhares de pessoas de todas as raças, credos, idades e profissões, incluindo especialistas em ciências, filosofia, ética, religiões e leis internacionais, a versão final foi lançada no Palácio da Paz em Haia em 29/06/2000. Em 2003 a UNESCO reconheceu a Carta da Terra como um instrumento chave, um importante marco ético para o movimento.

www.cartadaterrabrasil.org

Link para o comercial da campanha: http://www.vimeo.com/4183503

Assessoria de Imprensa - MTV Brasil

Leia também:

Carta da Terra pelo Dia Mundial da Terra
http://www.farolcomunitario.com.br/meio_ambiente_000_0175.htm